.

.

.

.

sábado, 28 de fevereiro de 2009

Câmeras de Insegurança

Para não perder o costume, antes do texto, vou postar selinhos e memes ganhos nos últimos dias..
.
MEME 1 - A SEXTA FOTO

Quem me passou foi a Gerly do Blog Nadica Demais.
.
Para participar deste desafio, publique a 6ª foto da sua pasta de fotos e descreva-a.
.
Descrição: Essa é uma montagem que eu mesma fiz, eu estou no meio, do lado esquerdo e direito são minhas amigas de infância.






MEME 2 - SEIS VERDADES, TRÊS MENTIRAS.

Quem me passou foi a Andressa do Blog Entre Fotos e Beijos e a Brunette do Blog Singularidades de uma Rapariga Morena..

Direi nove coisas sobre mim, entre elas devem haver seis verdades e três mentiras. Quem receber o meme deve tentar descobrir as três mentiras do blogueiro que te enviou..

Andressa, eu acho que você mentiu nas três seguintes afirmações:
Gosto de assistir Big Brother Brasil / Já fiz curso de eletrecidade / Amo frio..

Brunette, eu acho que você mentiu nas três seguintes afirmações:
Gosto de me maquilhar / Quando conduzo sozinha vou sempre a ouvir música, a cantar e, muitas vezes, também a dançar / Quando eu era criança, era uma "maria-rapaz"..

Andressa e Brunette, eu escolhi essas opções por eliminação, primeiro escolhi quais seriam as seis verdadeiras e as três que sobraram foram essas que escrevi a cima, rs.

As nove coisas sobre mim, dentre elas três são afirmações falsas, são estas:

1 - Não quero me casar nunca / 2 - Nunca morei em cidade pequena / 3 - Estou fazendo faculdade / 4 - Sou evangelica / 5 - Sou tímida / 6 - Sou caseira / 7 - Tenho cachorro / 8 - Tenho dois Blogs / 9 - Sou romântica


Está muito fácil. Quem acompanha meu blog já descobriu de cara em quais afirmações eu menti. Passo esse meme para a Teca do Blog Tudo que há de Bom..

SELINHOS

O selo Somos Mulheres Bem Resolvidas quem me passou foi a Janini do Blog Vivendo um Dia após o outro.



E este selinho eu repasso para as mulheres que já me visitaram mais de 3 vezes. Se você (que é do sexo feminino, rs) já veio aqui no meu blog mais de 3 vezes pode pegar o selinho.


A Cíntia Mara do Blog Deus é Fiel me passou o selo Olha que Blog Maneiro.



As regras:
1- Exiba a imagem do selo "Olha Que Blog Maneiro" / 2- Poste o link do blog que te indicou / 3- Indique 10 blogs de sua preferência / 4- Avise seus indicados / 5- Publique as regras / 6- Confira se os blogs indicados repassaram o selo e as regras / 7- Envie sua foto ou de um(a) amigo(a) para olhaquemaneiro@gmail.com juntamente com os 10 links dos blogs indicados para verificação.

Caso os blogs tenham repassado o selo e as regras corretamente, dentro de alguns dias você receberá 1 caricatura em P&B.

Obrigada a todos que me presentearam com selinhos ou memes. Se eu esqueci o selinho ou o meme de alguém podem puxar minha orelha que no proximo post eu coloco.
.
.
.

Câmeras de Insegurança
.
Eu gostei tanto de um comentário que o Jornalista Carlos Nascimento fez que eu até fiz este post sobre esse comentário. Tem gente que não gosta dele, mas eu não tenho nada contra ele não, rs.
Ele mostrou no jornal que ele apresenta no sbt uma reportagem sobre um crime que foi todo filmado pelas câmeras de segurança do local. Infelizmente esse crime acabou com uma morte, as câmeras registraram tudo. Então, após a apresentação dessa reportagem, ele fez o seguinte comentário:


"O cidadão tem que ter sua segurança garantida pelo estado, e não, comprar câmeras de segurança para filmar a própria morte".



Eu acho que é bem por aí mesmo, o dono do estabelecimento gastou dinheiro comprando câmeras de segurança que só serviram para que ele filmasse sua própria morte. Infelizmente essas câmeras não intimidam os bandidos, na verdade elas não são câmeras de segurança, mas sim, câmeras de insegurança, afinal elas não garantem a segurança de ninguém. O aviso dentro dos ônibus "Sorria, você está sendo filmado" jamais impediu assaltos à ônibus.



Segurança é dever do estado e a gente paga imposto para isso.



Essas câmeras servem, pelo menos, para identificar os bandidos. Só que aí, o pior já aconteceu, o estabelecimento já foi roubado e, muitas vezes, os bandidos já balearam as vítimas. E não é isso que a gente quer. Nós queremos preservar a vida das pessoas.

Proximo Post: A difícil tarefa de se enturmar.




BeijinhoImage Hosted by ImageShack.us

sábado, 21 de fevereiro de 2009

Trotes Criminosos

A Paula do Blog Compartilhando... me passou o selo Friends e o selo Olha que Blog Maneiro.
.
Selo Friends: "Esses blogs são extremamentes charmosos. Esses blogueiros têm o objetivo de achar e serem amigos. Eles não estão interessados em se auto promover. Nossa esperança é que quando os laços desse troféu são cortados ainda mais amizades sejam propagadas. Entregue esse troféu para oito blogueiros que devem escolher oito outros blogueiros e incluir esse texto junto com seu troféu!"




Selo Olha que Blog Maneiro: 1 - Exiba a imagem do selo / 2 - Poste o link do blog que te indicou / 3 - Indique 10 blogs de sua preferência. / 4 - Avise seus indicados. / 5 - Publique as regras. / 6 - Confira se os blogs indicados repassaram o selo e as regras. / 7 - Envie sua foto ou de um(a) amigo(a) para olhaquemaneiro@gmail.com juntamente com os 10 links dos blogs indicados para verificação.

Caso os blogs tenham repassado o selo e as regras corretamente, dentro de alguns dias você receberá 1 caricatura em P&B.




A Brunette do Blog Singularidades de uma Rapariga Morena me passou o Prêmio Somos Mulheres Bem Resolvidas.

Regras: 1. Exibir a imagem do selo / 2. Postar o link do blog de quem recebi o selo / 3. Escolher 10 mulheres bem resolvidas e distribuir o selo / 4. Avisar as escolhidas.

A Karolina do Blog Frases do Sol me presenteou com o award Beautiful Blogger.



À todos que me presentearam, muito obrigada!

.

.

.

Trotes Criminosos
.


Vocês já devem ter visto nos últimos dias várias reportagens sobre os trotes universitários pois, todos os anos, em época de volta às aulas é a mesma coisa; os jornais noticiam vários crimes relacionados ao trote.
.

Trote Universitário vira caso de polícia no interior de São Paulo.

Calouros do curso de veterinária dizem que foram humilhados pelos veteranos. Dois estudantes ficaram em coma alcoólico. A polícia abriu inquérito para investigar o caso.

Fonte: G1
.

E a televisão sempre mostra a opinião de um psiquiatra ou psicólogo, psicanalista, etc. Eu dou muita credibilidade à opinião deles, lógico. Mas eu vou dar a minha opinião pessoal também, é um ponto de vista meu, bem particular mesmo:

Todo mundo que trabalha sabe que quando um funcionário novo é contratado os funcionários antigos "abusam" dele. Ele é bem recebido por alguns, mas mal recebido por outros. Os antigos se sentem mais sabidos, querem mostrar para o novo funcionário que eles, os antigos, têm mais conhecimento, tem gente até que quer "mandar" no novato.

E eu acho que nas universidades é mais ou menos isso que acontece também. Os veteranos têm uma sensação de superioridade, é como se eles dissessem: Eu sei mais do que você, afinal estou aqui há mais tempo.

E quando colocam "poder" nas mãos desses veteranos, afinal, são eles quem vão comandar e ditar as regras da "brincadeira", para mim é como se fosse uma espécie de "poder", de liderança, então eu acho que essa sensação de superioridade aumenta. Isso tudo na minha humilde opinião, rs.

Também tem essa: Quando os veteranos eram calouros, eles tiveram que obedecer as outras pessoas durante o trote, então agora eles querem se vingar, rs.
.

Bom. Esse post não é para ficar traçando o perfil psicológico de estudante, rs. Eu escrevi isso só para constar meu pensamento mesmo, rsrs. A minha intenção ao escrever esse texto era ressaltar um problema muito grave, que também está relacionado ao trote (na verdade está relacionado à todos os tipos de crimes aqui no Brasil); é a impunidade.
.

Acusados da morte de estudante em trote na USP são inocentados.

A morte de Edison Tsung Chi Hsuen, em 1999, na piscina da Atlética da USP (Universidade de São Paulo), durante um trote, não passou de "uma brincadeira - de muito mau gosto - em uma festa de estudantes", não existindo elementos para se responsabilizar alguém por sua morte.

Fonte: UOL
.

E agora a pergunta:

A universidade deve se responsabilizar pelo que os alunos fazem fora do campus?

Elas respondem: NÃO.

Não sei se são todas as universidades que afirmam isso mas, a grande maioria delas alega que não pode se responsabilizar pelo que os seus alunos fazem fora do campus.
.

Mas, aqui na internet mesmo, eu li outras opiniões sobre o assunto:
.

Universidade deve sim punir trote violento, afirmam reitores.

A universidade tem, sim, a obrigação de prevenir e punir trotes violentos com suspensões e até expulsões. É o que dizem 5 atuais e ex-reitores, o Conselho de Reitores de Universidades Brasileiras, 2 pesquisadores e a ABMES (Associação Brasileira de Mantenedoras do Ensino Superior).
.

"O ideal é trabalharmos pela prevenção, por uma cultura de paz. Trote é uma palavra da cultura animal. Mas a punição à casos que acabam com violência às vezes é necessária e dá exemplo.
Na PUC o trote é proibido, mas ele deve ser punido quando acontece fora do campus também, pois a relação dos alunos está ligada à entidade", diz Hélio Deliberador, pró-reitor de Cultura e Relações Comunitárias da PUC.

Em 1998, a universidade expulsou 5 jovens após o estudante Rodrigo Favoretto Peccini ter fogo ateado em seu corpo num trote em Sorocaba.

Para o ex-reitor da USP Roberto Lobo, a universidade tem que se posicionar em casos de violência. Até para dar exemplos. "Se ela encontrar respaldo jurídico, via portaria, ou decisão do conselho superior, cabem punições para atitudes fora". Como reitor (1990-93), ele proibiu o trote não consentido.

Esse respaldo jurídico poderia vir da lei estadual 10.454, de 1999, que proibiu o "trote violento" em universidades estaduais, mas é desconhecida da maioria dos entrevistados.

Fonte: Folha Online
.
.

Quer dizer então que a responsabilidade por esses crimes não é da universidade!

Ok.

A responsabilidade não é dela. Ela não terá que pagar indenização nenhuma, ninguém vai ser preso, não vai acontecer absolutamente nada com ela.

O que me deixa indignada aqui nesse país é que ninguém assume a responsabilidade de nada mesmo. Tudo aqui acaba em pizza como no caso do estudante Edison Tsung Chi Hsuen.

Todo crime que é noticiado, a polícia joga a culpa no governo, na justiça, o governo joga a culpa na família, a família joga a culpa na escola, a escola volta a culpa para a família, a população culpa o desemprego, culpa a prefeitura e no final das contas, ninguém assume a culpa de nada. A verdade é que ninguém QUER fazer nada.

Eu acho que nós devemos parar de ficar caçando um culpado e assumir a nossa responsabilidade.
.

Já que a universidade não tem amor pelos alunos, se os alunos estão se matando entre si, estão sendo assassinados ou sofrendo violência através de um ritual universitário e mesmo assim a universidade pouco se importa com isso; eu acho que elas deveriam, no mínimo, pensar na imagem da universidade. Esse tipo de acorrência é péssimo para a imagem dela.

Se eles não tem amor às vidas, pensem pelo menos no marketing, e tentem melhorar.

Tudo bem, as universidades não vão pagar pelos atos criminosos de seus alunos fora do campus (segundo elas). Mas como eu estava dizendo, para mim, todos temos que assumir responsabilidades, então, a universidade deve assumir, a partir de agora, a responsabilidade de prevenir e impedir o máximo esse tipo de ocorrência, através do incentivo de trotes culturais, beneficentes e solidários. Ou se quiserem proibir os trotes, eu não sou estudante, mas não teria nada contra essa decisão, eu sou contra a morte de estudantes em brincadeiras estúpidas como essa que é o trote. Como disse o reitor Roberto Lobo, se a faculdade se posicionar ao acontecer uma coisa dessas, servirá como exemplo, concordo com ele.
.
Acredito que ninguém desistiria do sonho da faculdade só porque o trote foi proibido.
.

Mas podem dizer: O trote é uma tradição muito antiga, nada haver proibí-lo.

Olha! Certos estudantes, principalmente os que participam de trotes violentos regados a bebida e drógas, se dizem tão modernos e avançados, me espanta muito eles se importarem com tradições. Não sei o que tanto atrai os estudantes à esses trotes, não sei o que eles tanto defendem.
Mas uma coisa eu tenho certeza: Não tem nada haver com tradições.
Não tenho nada contra brincadeiras de jovens, eu sou jovem, rs. Só não entendo o porquê de exageros, eles perdem o limite completamente. E já que eles não têm limites, alguém tem que colocar limites neles.

Quem vai colocar limites neles?

A justiça?

Os pais?

Pode ser, mas eu não estou falando sobre maneiras de se criar um filho, estou falando sobre as atitudes das universidades perante esses fatos.
E outra que na faculdade não tem nenhuma criança. Tudo bem que eu já conheci meninas e meninos de 17 anos que já cursavam faculdade, mas a grande parte dos universitários é composta por pessoas maiores de idade.


Eu acho que se a universidade tem recursos e ideias que podem acabar ou pelo menos diminuir esses incidentes, por que não colocar em prática?

Né?

Cada um tem que fazer sua parte e não ficar esperando do outro.
.

Proximo Post: Câmeras de Insegurança.
.

BeijinhoImage Hosted by ImageShack.us

quarta-feira, 11 de fevereiro de 2009

Invisibilidade

A Mônique Lobo do Blog Conversa [A]fiada e a Sofih do Blog Happy XD me passaram o selinho Olha que Blog Maneiro.





Regras:


1- Exibir a imagem do selo “Olha Que Blog Maneiro”.
2- Postar o link do blog que te indicou.
3- Indicar 10 blogs de sua preferência.
4- Avisar os seus indicados.
5- Publicar as regras.
6- Conferir se os blogs indicados repassaram o selo e as regras.
7- Envie sua foto ou de um(a) amigo(a) para o e-mail: olhaquemaneiro@gmail.com juntamente com os 10 links dos blogs indicados para verificação.Caso os blogs tenham repassado o selo e as regras corretamente, dentro de alguns dias você receberá 1 caricatura em P&B.
.


Só vale se todas as regras acima forem seguidas.
.


Novamente minha amiga Mônique Lobo do Blog Conversa [A]fiada me passou alguns selinhos, que são estes a seguir:





A minha amiga Sofih do Blog Happy XD também me presenteou com mais 3 selinhos:
.


Este selo "Esse blog me deixa Happy XD" foi ela própria quem fez, e eu achei esse selinho a cara dela por causa da cor amarela que representa a alegria e o coelhinho sorrindo, a Sofih é uma menina muito alegre.
.




Este selinho lindo, lindo, lindo quem me passou foi a minha amiga Marinilce do Blog Caminho e Santidade.



E estes dois selinhos quem me presenteou foi a minha amiga Martinha do Blog Mar de Desabafos.

Image Hosted by ImageShack.us

Image Hosted by ImageShack.us

Meninas! Se eu esqueci de postar algum selinho ou meme, podem puxar minha orelha que no próximo post eu coloco, ta bom?
.
Invisibilidade
.
Há muito tempo atrás eu recebi um e-mail falando sobre um psicólogo que se vestiu de gari e varreu ruas da Universidade de São Paulo (USP). Ele fez isso para concluir sua tese de mestrado sobre 'Invisibilidade Pública'.
.
A tese dele era que as pessoas só olhavam a nossa função e não nos olhavam como pessoa. Ele concluiu que, em geral, as pessoas, enxergam apenas a função social do outro, quem não
está bem posicionado profissionalmente, vira mera sombra social.
Ele disse que fingiu ser gari por 8 anos e viveu como um ser invisível.
.

Vejam só um trechinho desse e-mail:
O psicólogo sentiu na pele o que é ser tratado como um objeto e não como um ser humano. 'Professores que me abraçavam nos corredores da USP passavam por mim, não me reconheciam por causa do uniforme. Às vezes, esbarravam no meu ombro e, sem ao menos pedir desculpas, seguiam me ignorando, como se tivessem encostado em um poste, ou em um orelhão', diz.
.

Esse e-mail me lembrou um texto que circula pela na internet sobre um violinista famoso que tocou violino no metrô durante algumas horas e ninguém parou para apreciar sua apresentação ou para jogar moedas.
.

Porém, uma apresentação desse violinista custa caríssimo, mas o contexto de sua apresentação (no meio de um metrô) fez as pessoas acharem que ele era um pobre coitado, um "Zé Ninguém".
Isso mostra que de um modo geral, a sociedade nos dá valor de acordo com a nossa posição.
.

Você conhece algum gari?
Você cumprimenta com bom dia/ tarde/ noite os faxineiros da empresa em que você trabalha?
Você sabe o nome deles?
Ou você também age como se eles fossem invisíveis?
Você só dá valor para quem tem faculdade?
.
Eu sempre cumprimentei o pessoal da limpeza em todos os lugares que trabalhei. Até porque eu já fui garçonete e também percebia um pouquinho de orgulho e arrogância por parte de alguns clientes, por isso eu sempre fiz questão de tratar todo mundo igual. Mas também não estou dizendo que sou amiga íntima de todos os lixeiros da minha rua, rsrs. Eu estou longe de ser uma pessoa perfeita, mas procuro melhorar a cada dia.
.
Próximo post: A Fama na Infância.
.

BeijinhoImage Hosted by ImageShack.us