.

.

.

.

sexta-feira, 28 de novembro de 2008

Depoimento de crianças em processos

Quem não se lembra do Caso Isabella? A menininha de 5 anos que foi jogada do 6º andar do prédio que morava. O pai afirma que levou Isabella para o apartamento e depois voltou para a garagem para pegar os outros dois filhos e a mulher. Quando retornou ao apartamento percebeu que a tela de proteção estava rasgada e viu a menina caída no jardim. Os únicos suspeitos são seu pai e sua madrasta, os mesmos alegam inocência.

Foi aberta a hipótese de que o irmãozinho de Isabella que tem 4 anos de idade e presenciou tudo de perto, dê seu depoimento. Mas, o promotor do caso, afasta a idéia de chamá-lo para depor. Para ele, o trauma que esta criança passou ao acompanhar o assassinato da irmã já foi grande o bastante.

Psicólogos e assistentes sociais dizem que só é aceitável recolher o depoimento de uma criança em último caso. Eles dizem que o tema deve ser abordado com muita cautela, que depoimento de crianças podem causar mais danos do que ajudar o curso do processo e que, se a opção for chamar a criança para depor, a idade deve ser acima de 7 anos. Muitos dizem que nesse tipo de depoimento provavelmente a criança não estará dizendo a verdade. Também há quem diz que se a criança depor e seus pais forem presos ela se sentirá culpada, e como será a cabeça dessa criança no futuro?

Também dizem que essa prática não é eficiente porque a criança sofre muita pressão durante todo o processo, sem contar que o risco de confusão entre realidade e fantasia é muito grande.

Mas nem todos são contra. O advogado Ângelo Carbone é defensor desse método. Ele é contra as opiniões que prevêem traumas futuros ou possibilidade de contestação do depoimento e diz: "Se incriminar os pais, a criança só terá dito a verdade e ajudado a punir os assassinos de sua irmã. O depoimento do menino, juntado a todas as outras provas, com certeza seria a peça chave para fechar esse quebra-cabeça".

A psicóloga e professora da USP (Universidade de São Paulo) Leila Cury, afirma que a presença de uma psicóloga experiente na área, preferencialmente em um ambiente tranqüilo, que transmita segurança, e uma técnica que utiliza brinquedos e jogos são pré-requisitos para o início de um processo que pode ser longo. “Forçar a criança a dizer qualquer coisa diante de um juiz pode assustá-la”.

Tem um outro caso que está passando na televisão, que é do menino Lucas de 6 anos de idade. Se foi a última hipótese ou não, eu não sei, mas colheram o depoimento do menino Lucas. Ele caiu junto com a mãe do terceiro andar de um prédio. Ele mostrou à Polícia o que aconteceu dentro do apartamento, antes da queda.

Através de desenhos, o menino contou para Polícia o que viu antes de ele e sua mãe caírem do 3º andar do apartamento onde moravam.

No vídeo abaixo mostra os desenhos dele:


Bom.
Uma coisa é opinião de leigos, outra coisa é opinião de especialistas. A gente pode achar que nada disso traumatiza mas, nós seres humanos somos muito mais complexos do que pensamos. Cada um é cada um. Tem gente que se traumatiza, tem gente que supera. Se só o que a gente acha ou deixa de achar resolvesse os traumas emocionais das pessoas seria bom né! Mas não é bem assim que acontece.


Gente! Eu acho (Quem acha não sabe. Quem acha não tem certeza) mas eu acho que se uma criança que presta depoimento à polícia fica traumatizada, para mim, ela fica muito mais traumatizada por ter presenciado o crime e nem tanto por ter prestado depoimento. Se ela ficou traumatizada, foi muito mais por culpa do crime que ela presenciou ou sofreu do que por culpa do depoimento que ela prestou. Mas, pode ser que as duas situações sejam traumatizantes então, se a criança já está abalada por causa do crime, vamos poupa-la de mais stress e possíveis traumas né!


Esse assunto divide opiniões. Eu não sei se é um procedimento correto ou errado mas, se decidirem por colher o depoimento de crianças, eu também acho que deve ser só em último caso.


Você é contra ou a favor de depoimento de crianças em processos?

BeijinhosImage Hosted by ImageShack.us

sexta-feira, 21 de novembro de 2008

Quem pode, pode. Quem não pode, se sacode!

Esses dias eu e meu pai estávamos voltando de mais uma reunião de alcoólicos anônimos, quando ele resolveu mudar de caminho. Ele e eu passamos por um bairro daqueles chiquérrimos, só tinha mansões.

Então, ele me mostrou um poste naquele bairro (não era um poste, era mais ou menos uma barra de ferro mas, eu vou chamar de poste rs). E na ponta desse poste tinha uns fios soltos. Meu pai me disse que ali ficava uma câmera que multava os carros que passavam em alta velocidade.
Só que os ricos moradores daquele chiquérrimo bairro começaram a tomar muitas multas. Então, eles pediram para a prefeitura tirar a câmera. A prefeitura foi lá e tirou. Quanta facilidade!

E foi ai que eu disparei a frase: Quem pode, pode. Quem não pode se sacode!

E como se sacode viu. Bota "sacode" nisso.

A gente que é pobre sem influências, quando queremos alguma rua asfaltada, quando queremos mais iluminação e mais segurança, temos que fazer abaixo assinado, temos que reunir o bairro inteiro para fazer uma manifestação na porta da prefeitura, os funcionários públicos quando querem reivindicar algo que diz respeito ao trabalho precisam fazer greve, e mesmo assim não temos nossas reivindicações atendidas. Quando eu era criança e morava em cidade pequena, uma vez eu tive que entrevistar o prefeito da minha cidade, era um trabalho de escola. Eu e o meu grupo fomos lá na prefeitura e o prefeito não atendeu a gente (rs).

Enquanto com apenas 1 telefonema tem gente que consegue resolver tudo.

Eu acho que as pessoas que têm mais influências, as que são amigas dos políticos deveriam usar todas essas influências para ajudar a gente que precisa.

Eles bem que podiam pedir para a prefeitura colocar iluminação nos lugares mais precários, colocar esgotos, asfaltos, pedir mais postos policiais, entre tantas outras coisas que precisamos. Afinal de contas, eles têm mais facilidade para conseguir isso.

Não é obrigação deles fazer isso, é obrigação da prefeitura, do nosso governo. Quem pode, pode né. E eu acho que tem muita gente rica que ajuda as pessoas sim.

Se um dia eu for rica (o que eu acho difícil de acontecer rsrs) eu espero nunca me desviar do conceito de ajudar o próximo. Espero não deixar que o dinheiro e o status subam para minha cabeça.

Bom! enquanto a vida passa, vamos seguir sacudindo né (rsrs)! Ficar parado é que não dá!
BeijinhoImage Hosted by ImageShack.us

segunda-feira, 17 de novembro de 2008

A Teoria e os Sonhos

Sabe aquela rede de lanchonetes Habib's? (eu nem sei se é lanchonete, restaurante ou pizzaria rs).
Mas tanto faz!
Quando o dono do Habib's teve a idéia de vender esfihas, o departamento de marketing tentou impedir. Disseram que não daria certo e que esfihas não tem nada haver com a imagem da empresa.
Mas, o dono do Habib's não ligou para o que o departamento disse e começou a vender as esfihas que por sinal, as esfihas do Habib's são uma receita de família. E hoje, elas são o maior sucesso do Habib's.

Há muitos anos atrás os maiores cérebros matemáticos haviam provado que o homem nunca seria capaz de voar. E as pessoas diziam que esse era um privilégio somente das aves.
Hoje os vôos de avião estão à nosso dispor. Isso porque grandes pessoas não abandonaram seus sonhos por causa de uma teoria.
Não deixe que uma simples teoria te faça desistir dos teus sonhos. Não deixe que a opinião dos outros te faça desistir dos teus sonhos.
Nunca deixe de sonhar com o que você quiser sonhar, por causa de uma teoria.
Ganhei o selo "Blog Positividade" da Eliane do Blog Irritando Lilinho.

BeijinhoImage Hosted by ImageShack.us

sexta-feira, 14 de novembro de 2008

Casos de Família

Primeiro vou postar o meme que a Gerly do Blog Nadica Demais me passou.
8 coisas que eu (ainda) quero fazer antes de ir embora daqui:
1- Deixar o cabelo crescer (pois há muitos anos eu uso cabelo chanel).
2- Conhecer outros estados Brasileiros (pois eu nunca saí do estado de São Paulo).
3- Aprender a falar inglês.
4- Encontrar o homem da minha vida.
5- Casar com o homem da minha vida.
6- Aumentar minha família tendo filhos.
7- Aprender a dirigir.
8- Ter uma casa com piscina.
Casos de Família

Conversando com amigas, percebo que todas as famílias são bem parecidas.
Na minha casa, quando resolvemos pedir pizza, é aquela briga para decidir quem vai ligar na pizzaria. Todo mundo fica falando (ou gritando):

-Liga você.

-Eu não, liga você.

E quando finalmente alguém resolve (ou é forçado rsrs) ligar na pizzaria, começa outra briga para escolher o sabor da pizza.

Outro básico conflito começa quando chega o entregador de pizza. Ninguém quer atender o moço. A gente fica falando (ou gritando rs):

-Vai lá atender.

-Vai você.

-Eu não, vai você.

-Vai você mãe.

E como eu disse, conversando com outras pessoas, eu vejo que não é só na minha família que isso acontece.
Outra coisa que acontece muito aqui em casa é quando minha mãe compra um monte de guloseimas (mais conhecidas como "besteiras") e devoramos tudo em um dia só. Minha mãe fica nervosa, começa a brigar, diz que nunca mais vai comprar nada. Eu fico brava quando comem tudo e não deixam para mim. Quer comer, então come, mas deixa para os outros né!
Vixe! E quando queima o chuveiro? Meu pai começa a soltar fogo pelas ventas, ele fica muito bravo.
Em uma família sempre tem o mais folgado. Na minha família é a minha irmã do meio que é a mais folgada, ela não lava 1 copo se quer e ainda por cima, bagunça a casa toda, não arruma nem a cama dela e deixa tudo jogado.
Brigas entre irmãos? Básico né (rsrs), sempre tem.
O que me conforta é saber que não é só na minha família que isso acontece.
Estes e mais outros são casos de família (rsrs).

Beijinho
Image Hosted by ImageShack.us

segunda-feira, 10 de novembro de 2008

Promessas

Quando uma pessoa nos diz Eu Prometo, é uma garantia de que ela cumprirá com sua palavra. Uma promessa é como se fosse uma garantia.
Prometer, segundo o dicionário é 'obrigar-se a'. Isso quer dizer que o que nós prometemos, temos obrigação de cumprir. Acho que por isso que dizem que promessa é dívida.
Eu fico chateada quando me prometem algo e não cumprem. Há uns anos atrás, em uma empresa que eu trabalhava, meu supervisor estava abrindo uma pequena empresa para ele. Quando seu escritório e todas as papeladas estavam prontas, ele pediu demissão da outra empresa para trabalhar por conta própria. No dia em que ele se demitiu, ele se dirigiu até mim e disse que depois de 15 dias entraria em contato comigo pois, queria que eu trabalhasse como telefonista na empresa dele. Ele me disse: Eu prometo te contratar.

15 dias se passaram e nada de ele entrar em contato comigo. Eu ligava na empresa dele e ele nunca podia me atender, começou à fugir.
Eu fiquei chateada pelo fato de ele ter prometido. Se pelo menos fosse eu quem tivesse pedido para ele prometer mas não, eu não fiz isso, ele que por livre e espontânea vontade, sem que eu menos esperasse disse: Eu Prometo!

E eu acreditei.

Isso que aconteceu comigo foi apenas mais um caso de promessas não cumpridas. Mas eu não quero me isolar apenas nesse caso, quero falar sobre pessoas que não cumprem com suas promessas de um modo geral. Essas pessoas perdem totalmente a credibilidade perante as outras porque ninguém acredita mais em suas palavras.
Quando alguém nos promete algo, ficamos de uma certa forma, um pouco mais tranqüilos, mais confiantes, ficamos mais esperançosos de que a palavra dessa pessoa se cumprirá. E quando não se cumpre é uma sensação de termos sido enganados, passados para trás.

Tem gente que diz: Eu não confio em ninguém; não se deve confiar em ninguém; temos que confiar desconfiando.

Eu respeito quem pensa assim mas, não é sobre isso que eu estou falando, eu quero focalizar as pessoas que prometem as coisas e não cumprem. independentemente se você confia ou não confia nas pessoas, meu recado é para que a gente cumpra com a nossa palavra. Pessoas de bom caráter devem honrar com suas promessas. Não podemos sair por aí fazendo milhares de promessas que não podemos cumprir.
Se você fez uma promessa, você tem que cumprí-la. Se você não pode cumprir, então não prometa nada. Não temos que falar as coisas preciptadamente.


(Mateus 5: 36) Nem jures pela tua cabeça, porque não podes tornar um cabelo branco ou preto.
Isso já diz tudo! Se não pode tornar um cabelo branco ou preto, então, não jures. (versículo 37) Seja, porém, a tua palavra: Sim, sim; não, não.


Será que existem pessoas que agem de má fé e prometem mesmo sabendo que não vão cumprir? Eu acredito que sim (não todas, lógico). O assassino Lindemberg ao manter como refém a garota Eloá fez várias promessas aos policiais e negociadores e não cumpriu nenhuma. Ele prometeu que soltaria Eloá mas, em seu íntimo ele sabia que iria matá-la, estava blefando o tempo todo só para continuar sendo o centro das atenções por mais alguns dias. Alguns amigos dele disseram que Lindemberg já saiu de casa dizendo que iria fazer uma besteira.
E sem contar as promessas dos políticos né!

Esse selinho "Esse blog tem um sabor todo especial" eu ganhei do meu amigo Márcio Ribeiro do Blog Com idéias e ideais, e eu recomendo a leitura do blog dele à todos vocês pois, é um ótimo blog.

BeijinhosImage Hosted by ImageShack.us

quinta-feira, 6 de novembro de 2008

Vende-se

Gente, eu demorei para postar porque eu estava doente, na verdade eu ainda estou, mas assim que eu melhorar vou responder todos os comentários que estão para lá de atrasados.

Vende-se

Tem gente que fala que prefere passar fome mas, nunca trabalhará como vendedor (rsrs). Mas, todos nós vire-e-mexe nos pegamos vendendo algo. Sempre temos algum produto, serviço ou loja que vendemos espontaneamente para outras pessoas. Por exemplo: Uma vez eu estava procurando uma academia para treinar e ao comentar isso com as pessoas elas sempre me indicavam academias que elas conheciam. Essas indicações são vendas, as pessoas vendiam a academia para mim mostrando-me os benefícios daquela academia.
Esses dias a minha mãe estava reclamando dos salões de beleza que ela já freqüentou, então, minha irmã casada tentou espontaneamente vender para minha mãe o salão de beleza da amiga dela. Minha irmã não foi até a porta do salão e pregou uma placa escrito "vende-se" (rsrs). Ela indicou o salão para minha mãe. Disse que lá era muito bom, a cabeleireira era ótima, o preço era baixo, etc. Minha mãe foi ao salão. Ótima vendedora a minha irmã (rs)! E minha mãe aprovou o salão.
Na maioria das vezes quando alguém diz estar gripado, resfriado, nós imediatamente começamos a vender nossas receitinhas caseiras milagrosas de combate a gripe (principalmente nós mulheres rs). A gente diz: Faz um chá de hortelã, toma mél com limão, faz um xarope assim, assim e assim, e por aí vai.
Eu conheço uma loja de roupa e eu vivo vendendo ela para todo mundo que me diz que vai comprar roupa nova. É que eu sempre compro roupa lá. Lá é barato e as roupas são boas.
E quando alguém diz que está precisando comprar geladeira, fogão, sofá, batedeira, televisão, etc...Quase sempre temos uma loja para indicar. Dizemos mais ou menos assim: Menina! Vai na loja "x", eles parcelam em 30 vezes, pode pagar no cartão, eu só compro lá, é mais barato.
(Viu só? Quem ficava tirando sarro do garoto propaganda das Casas Bahia, nem se deu conta de que já agiu igual à ele milhares de vezes rsrs). É brincadeira gente!
Somos todos grandes vendedores!
Mas, alguns profissionais de vendas defendem a idéia de que devido à essas vendas espontâneas que todo mundo pratica, significa que todo mundo pode ser vendedor, basta aprender as técnicas pois, essa coisa de mostrar um produto e seduzir as pessoas, todo mundo tem dentro de si. Já outros discordam e acham que não é só esse poder de sedução que fará uma pessoa ser vendedora pois, para vender, além do poder de convencimento, é preciso também persistência, paciência, jogo de cintura, criatividade, simpatia, carisma, entre outras características de um vendedor.
Mas, o fato é que sempre estamos vendendo espontaneamente, sem fins lucrativos, seja o que for. Só vamos prestar atenção no que estamos vendendo pois, se o produto não agradar, as pessoas nunca mais acreditarão na gente (rsrs). E Boas Vendas à todos!

BeijinhosImage Hosted by ImageShack.us