.

.

.

.

segunda-feira, 30 de junho de 2008

17 - Além do Rio Azul

Se eu bem conheço o ser humano, caso Deus não existisse, nós teríamos inventado um Deus que pudéssemos ver. Ele seria uma pedra, um astro, uma pessoa, enfim, ele seria qualquer coisa. Por isso não acredito que o Deus que a Bíblia fala é uma ilusão universal criada pelos humanos. O ser humano não gosta de inventar crenças em coisas invisíveis.

Deus nunca prometeu que nossa vida aqui na terra seria um mar de rosas. Mas, Ele nos contou como será nossa vida além do Rio Azul!



Hino: Além do Rio Azul / Banda: Vóz da Verdade

domingo, 29 de junho de 2008

15 - A Dróga liberada

O álcool funciona da mesma forma que as drógas ilegais. Ele causa mudanças de comportamento momentâneas e ilusórias; causa dependência; causa danos à saúde e mata. Igualzinho a outras drogas. E eu, sinceramente, não entendo porque ele é aceito pela sociedade, aliás, ele é muito BEM aceito pela sociedade. Há bebidas que custam fortunas, até as classes mais altas admiram a bebida, existem os chamados "apreciadores de um bom vinho" mas, não importa qual seja a bebida, não importa qual seja seu valor e sua tradição, para mim, não passa de uma dróga.
A bebida mais consumida no verão é a cerveja, e é exatamente nessa época que os números de acidentes de trânsito aumentam, o carnaval de 2008 foi o mais violento dos últimos 10 anos, e tudo isso por causa de uma parceria que não dá certo - álcool e volante. Perceberam? A cerveja é a principal causadora de tantos acidentes. Não é shampagne, caipirinha, batida, etc. A maior causadora de acidentes de trânsito no verão é a cerveja, a tão querida cervejinha, taxada de boa, bom camarada, leve, gostosa. Eu me arrisco dizer que as propagandas de cerveja, chegam a insinuar que a cerveja é inofensiva. Que ridículo! Ah, ainda tem aquela que róda, róda, róda... concordo: tantos carros já capotaram em acidentes por causa de cerveja, o carro quando capota ele róda, róda, róda. E os homens do resgate quando salvam as pessoas destes acidentes não levam a fama de "bom camarada"; e eles sim, são os bons camaradas, os médicos que salvam as vidas são os verdadeiros camaradas. É meu amigo, se você bebe, é melhor parar pois, não são as bonitonas dos comerciais de cerveja que te visitarão no hospital ou chorarão a tua morte quando o pior acontecer.
Já vi artistas na televisão, dizendo irônicamente que as drógas não precisam ser liberadas no Brasil porque a facilidade de se achar drógas é tanta, que parece até que elas já estão liberadas.
Bom, todos sabem que a bebida é liberada no Brasil e já está mais do que provado que ela é mais um dos vários tipos de drógas, ou seja, realmente a dróga é liberada no Brasil.
Até em postos de gasolina se encontra bebida álcoolica, lá naquelas lojas de conveniências. E ainda a televisão tem a cara-de-pau de dizer: " - Se dirigir não beba", totalmente incoerente não é mesmo?

sábado, 28 de junho de 2008

14 - Nada além

Nada além
Nada além de uma ilusão
Chega bem
E é demais para o meu coração
Acreditando em tudo que o amor
Mentindo sempre diz
E vou vivendo assim feliz
Na ilusão de ser feliz
Se o amor
Só nos causa sofrimento e dor
É melhor
Bem melhor a ilusão do amor
Eu não quero e não peço
Para o meu coração
Nada além de uma linda ilusão
Nada além
Nada além de uma ilusão
Chega bem
E é demais para o meu coração
Acreditando em tudo que o amor
Mentindo sempre diz
E vou vivendo assim feliz
Na ilusão de ser feliz
Se o amor
Só nos causa sofrimento e dor
É melhor
Bem melhor a ilusão do amor
Eu não quero e não peço
Para o meu coração
Nada além de uma linda ilusão

13 - Não

Não é justo exigir uma lei que dê direito às pessoas à não assumirem seus erros. O corpo é nosso e temos o direito de fazer dele o que quisermos porém, se fizermos alguma "burrada", mesmo sem quer, devemos admitir. Fez besteira, agora agüenta! Tirar a vida de um bebezinho é assassinato! O corpo é nosso mas, a vida é do bebê, ele não pode morrer sem ter feito nada, sem motivo algum. Legalizar o aborto é incentivar pessoas à não assumirem seus atos e erros! Posso dizer que só sou à favor do aborto em casos de estupro. Toda criança tem o direito de nascer e ninguém tem o direito de matar!

12 - Quanta Grosseria

Pelo o amor de Deus, o que vi hoje foi revoltante. Sempre passo pela mesma rua quando preciso ir ao dentista e em um ponto específico da rua fica um senhor entregando folhetos para todas as pessoas que passam por ali. Eu mesma já peguei uns quinhentos rsrs! O que aconteceu hoje me deixou irritadíssima. Uma garota que estava na minha frente, passou pelo senhor que entrega folhetos, pegou o folheto e falou bem alto, em um tom bem esnobe: " -Denovo! Eu já estou fazendo coleção destes papeizinhos!" O senhor que entrega folhetos ficou quieto com um monte de pessoas em volta olhando para ele.
É o seguinte! Fazer esse tipo de trabalho ninguém quer (apesar de não ser nenhum trabalho de outro mundo). Já que ela sabia que aquele senhor estava ali entregando folhetos, ela que passasse pela outra causada pois, é como diz o ditado: -Os incomodados que se mudem! E se ela está fazendo coleção de folheto é porque ela quer, afinal, ele nunca obriga ninguém à aceitar seus folhetos. Como se não bastasse ele ter que ficar o dia inteiro entregando milhares de folhetos para as milhares de pessoas que passam por ali, agora ele vai ter que gravar o rosto de todo mundo que ele já entregou folheto também? Aquele é o ponto onde ele trabalha, se alguém estiver achando ruim, que reclame com o chefe dele, com a prefeitura, com o Lula, com o Pelé, com a rede globo, enfim...mas, destratar uma pessoa mais velha sem necessidade alguma, por motivos tão inúteis, fala sério, é o fim da picada! Esse foi o cúmulo da intolerância. Tem gente que reclama do stress...mas, tem gente que se deixa estressar...já vi pessoas em supermercados ou em qualquer outra loja, gritando com a pessoa do caixa só porque recebeu o troco em moeda...Ah! Por favor né, que besteira! O que me estressa é a falta de moeda, eu nunca tenho ao menos 1 centavinho no bolso para contar historia, no dia que essas pessoas estiverem sem dinheiro algum, aí sim, elas vão implorar por uma moedinha. Melhor receber em moeda do que não receber troco nenhum e é melhor ser abordado por um senhor simpático entregando folheto do que ser abordado, por exemplo, por um assaltante, não é verdade?! Se aquela garota trata os mais velhos que ele nem conhece desse jeito, imagine como ela deve tratar o pobrezinho do avô dela. Estúpida e sem educação!

11 - Diário


Tenho que esconder um livro de você para não cair na tua mão.
Ninguém vai ler meu diário, espelho do meu coração.
Tento disfarçar ao ver você me olhar para não chamar tua atenção,
ao escrever no diário as coisas do meu coração.
Primeiro escrevi, depois eu colori
o nome no coração que eu fiz.
Se o nome for o teu
escrito junto ao meu, me diz
se isso vai te fazer feliz?
Por favor, meu bem! Me faz feliz também.
Conta de quem você gosta; de mim ou de ninguém.
Por favor, meu bem! Me tira essa aflição
ou diz que só tem meu diário com o teu nome em um coração!

10 - Eu em 2006

Eu sei, eu não levo jeito para isso. Mas, meu cabelo estava uma dróga e atrapalhou minha performance.

sexta-feira, 27 de junho de 2008

9 - Felicidade

Violência, falta de dinheiro, doenças, acidentes, mortes; tudo isso acontece diáriamente em qualquer lugar do mundo. Mas, se perguntarem para mim se sou feliz, responderei que sim. Talvez se perguntarem para você se você é feliz, você também responderá que sim. Isso é a prova de que a nossa felicidade independe dos outros. A minha felicidade deve ficar somente nas minhas mãos. Jamais entregue sua felicidade nas mãos de outra pessoa.
Sonhos nada tem haver com felicidade. Posso não ter realizado o meu maior sonho mas, continuo feliz porque não entreguei minha felicidade nas mãos de um sonho. Não é raro ver aposentados depressivos pois, a vida toda entregaram sua felicidade nas mãos do trabalho e enquanto o trabalho existia, eles eram felizes, assim que a aposentadoria chegou e o trabalho acabou, a felicidade acabou também. Tem gente que entrega a felicidade nas mãos da fama, e assim que a fama acaba, com ela acaba a felicidade. Muita gente precisa aprender que ninguém faz ninguém FELIZ. Devemos buscar nossa felicidade e nos livrar de nossas infelicidades, por isso, ninguém faz ninguém INFELIZ também, basta nos livrarmos de nossas frustrações, revoltas, infelicidades, etc.
Eu não preciso de um homem para me fazer mulher. Um homem não precisa de uma mulher para fazê-lo homem. Não preciso de ninguém para me fazer feliz. Deus não me deu o poder de fazer ninguém feliz ou infeliz e também não deu à ninguém o poder de me fazer feliz, muito menos infeliz.

Deus não nos fez para sermos felizes, Ele nos fez para sermos santos. Quem quiser felicidade peça à Deus e Ele dará mas, este não é seu principal objetivo. Jesus era santo e é vontade de Deus que nós sejamos santos também pois, a palavra santo significa "separar". A vontade de Deus é que nós vivamos separados de tudo aquilo que é impuro e assim poderemos desfrutar de todas as alegrias que virão Dele. Ainda que na terra tenhamos uma vida de dores e lutas, quem for santo, ou seja, quem se separar e não tocar em coisas impuras, terá sua recompensa no céu.

Se você busca e felicidade, primeiro defina o que é felicidade para você. Devemos no mínimo saber o que é que estamos buscando. Do contrário, como vou procurar se nem sei o que estou procurando. Podemos não saber o que é ser feliz mas, devemos saber o que vamos buscar para de fato sermos felizes. Tenho que identificar fatores que eu acredito que irão me fazer feliz.

Quem quiser, busca e cuide de sua felicidade, e livre-se de suas infelicidades. Se for entregar sua felicidade nas mãos de alguém, que este alguém seja Deus.

8 - Mulher

Não acho que a mulher de hoje está vulgarizada, eu acho que a língua masculina é que está mais afiada, a dor de cotovêlo anda crescendo neles devido as nossas conquistas.
Se as mulheres estão fáceis é porque tem homem dando bola. Já que os homens não acham legal ou certo que as mulheres fiquem rebolando e se insinuando em certos bailes e festas, por que freqüentam esses lugares então? Algumas mulheres são assim porque os homens alimentam suas atitudes, assistindo-as e aplaudindo-as. Só que depois ficam falando mal.
Um fator que deve ser levado em consideração é que o número de mulheres vulgares é muitíssimo menor que o número de mulheres não consideradas vulgares, acontece que antigamente elas não apareciam na televisão, hoje elas aparecem, por isso os homens acabam generalizando, achando que a maioria das mulheres são vulgares.
Uma coisa é fato: Uma mulher se vulgariza quando tenta ser igual ao homem, afinal, se mulher é fácil hoje, o homem é o dobro, e há muito mais tempo. E assim como existem mulheres trabalhando com erotismo, também existem homens na mesma atividade.
Antes só os homens tomavam a iniciativa, antes só eles ficavam com várias mulheres ao mesmo tempo, antes só eles usavam e se aproveitavam e não queriam compromisso. Por isso eles sempre foram atacados pela língua feminina que o taxou de cachorro, cafajeste, galinha, e mais outros apelidos maldosos.
Hoje é ao contrário, muitas mulheres também tomam a iniciativa, ficam com vários homens ao mesmo tempo, usam, abusam e não querem compromisso, então, agora é a nossa vez de sermos atacadas pela língua masculina que está nos taxando de vulgares, fáceis, etc.
Mas, eu acho que cada um deve fazer a sua parte, não é porque a mulher está dando em cima de um homem, que ele terá que correspondê-la pois, ele é um homem, ele não é um cachorro que não raciocina e não consegue se conter ao ver uma cadelinha. O homem tem o poder de escolher, sim ou não. Nunca fiquei sabendo de uma mulher que amarrou um homem numa cadeira e o obrigou à beijá-la, homem sai com muitas mulheres porque quer, não porque elas estão se oferecendo, afinal, a mulher não obriga nenhum homem à ficar com ela.

7 - Belezas



6 - Álcoolismo

A grande maioria das pessoas pouco sabe ou nada sabe sobre alcoolismo. Um alcoólico ou alcoólatra não é uma pessoa viciada em bebida. O alcoolismo é muito mais complexo que isso. Tanto quem usa drógas quanto quem usa álcool são considerados dependentes químicos, não há distinção entre ambos.
Viciado, qualquer um é. Quem bebe toda bendita sexta-feira, ou melhor, quem não consegue ficar uma semana inteira sem beber, ou quem sempre bebe cerveja nos finais de semana, nas festas e acha que churrasco legal tem que ter cerveja, para mim, é um viciado em bebida e está há um paço do alcoolismo.
Em primeiro lugar, o alcoolismo é uma doença.
É uma doença que não discrimina ninguém, ela atinge a qualquer pessoa de qualquer raça, tipo físico, religião, status, escolaridade, condição financeira e por aí vai.
Uma doença em que todos os seus portadores têm os mesmos sintomas, as mesmas dores, as mesmas atitudes, enfim, todo alcoólico tem os mesmos sofrimentos enquanto estão na ativa.
Todas as pessoas contaminadas com o vírus da dengue têm os mesmos sintomas e os mesmos riscos, todas as pessoas resfriadas sentem os mesmos incômodos, isso ocorre por um motivo muito simples: - A doença é a mesma.
O resfriado é igual para todos, a dengue é igual para todos, a gripe é igual para todos, etc.
Dessa mesma forma é a doença do alcoolismo. Todos os alcoólicos ou dependentes de drógas passam pelas mesmas coisas, afinal, a doença é a mesma.
Quando pegamos um resfriado não espirramos porque queremos, espirramos porque a doença nos leva ao ato de espirrar.
No alcoolismo é igual. Nenhum alcoólico bebe, passa vergonha, fica caído nas ruas e perde noções de higiene porque quer ou porque gosta mas, sim por ser portador de uma doença que o leva a tais atos.
Se o desejo exagerado por bebida fosse de acordo com o jeito de ser ou com os ideais de cada um, os adíquitos seriam diferentes. Mas, isso não acontece pois, como em todas as doenças, seus sintomas são iguais para todos.
Um indivíduo que sofre de bronquite começa à tossir, tossir, tossir e não consegue se controlar. No alcoolismo é igual, o indivíduo bebe, bebe, bebe e não consegue se controlar.
Essa doença é Emocional, seus sintomas e conseqüências são Físicos e sua cura é Espiritual.

De acordo com a idéia de AA

Por que a doença é emocional? Ao contrário do que se pensa, o alcoólico não perde o controle sobre a bebida, ele perde o controle de suas emoções, tornando-se então, um desiquilibrado emocional. Ele não é dependente de álcool, ele é dependente de suas próprias emoções.
Ao tomar o primeiro "pórre" qualquer um de nós estará sujeito à gostar das sensações e efeitos que a bebida nos proporcionar. E podemos gostar tanto, à ponto de usá-la como um anti-stress, um relaxante, um animador de festas, um "estimulante da alegria". Por causa disso, começaremos à beber por fuga. Tudo será motivo para beber. Broncas do chefe, demissão, brigas em família, perdas, batida de carro, derrota do time de futebol, separação enfim, tudo o que abalar nosso estado emocional ou nosso sistema nervoso, nos dará uma necessidade de fugir e é na bebida onde nos refugiaremos pois, a usamos como consolo, anti-stress, relaxante, animador, estimulante, entre outros. Este é o chamado "bebedor problema".
Por que os sintomas e conseqüências são Físicos? Depois de um certo tempo o corpo se acostuma com o álcool e pede álcool. Enquanto o indivíduo não mandar bebida para o corpo, ficará trêmulo, ansioso, inquieto, sentirá mal estar pois, seu corpo está "implorando" por álcool. É desencadeada então, uma compulsividade por bebida. Ele não bebe mais por fuga mas, bebe porque seu corpo pede, tornando-se então um "bebedor compulsivo".
As conseqüências do álcool também são físicas pois, por causa das substâncias químicas contidas nele e em quaisquer outras drógas, são gerados vários problemas de saúde gravíssimos e incuráveis, paralisia, loucura ou morte.
O alcoólico não consegue controlar as emoções mas, a compulsividade por bebida (por ser um problema físico) ele até consegue controlar. Pressionado pelos familiares e amigos dizendo que ele precisa parar de beber, ele resolve parar. Com muita força de vontade, controla sua tremedeira, fica longe de bares e depois de alguns dias a compulsividade passa, o mal estar passa e a ansiedade passa. Então, ele resolve retomar sua vida, acontece que, ele tratou o problema físico, e como eu disse, alcoolismo é uma doença emocional. Assim que surgir o primeiro stress, a primeira discussão, a primeira perda, o primeiro problema o alcoólico não conseguirá "segurar a barra", e buscará refúgio nos copos novamente, redesencadeando imediatamente a compulsividade por bebida. E voltará a beber diáriamente e sem intervalos.
Isso tudo acontece porque o emocional da pessoa, a sua alma, ainda está doente, ele tratou apenas a vontade física de beber e não tratou da alma.
O grande desafio do alcoólico não é parar de beber, se ele quiser parar ele pára. O grande desafio é controlar seu interior e assim manter a sobriedade. Ele tem que aprender a apanhar e permanecer sóbrio. Um dependente químico não mantém a sobriedade parando de beber, mas sim, mudando de vida.
Por que a cura é Espiritual? O alcoolismo não tem cura mas, ele tem remédio e o remédio é um poder superior. Para mim que sou cristã, a cura é Deus. O alcoólico que chega na clínica para se tratar do alcoolismo, está com seu emocional totalmente abalado, judiado, com seu interior doente, se sentindo um trapo. Ali ele começa à fazer uma série de terapias com psicólogos para tratar seus defeitos de caráter (defeitos de caráter não é uma exclusividade de alcoólicos, todo ser humano tem, independente de ser ou não alcoólico). Um psicólogo nada mais é do que um conselheiro, que nos ajuda a ver as coisas de um jeito melhor. E no caso de alcoolismo, não tem conselho, não tem palavra de consolo, não tem palavra de motivação que o dê forças para conseguir pôr em prática tudo o que os terapêutas aconselharam. Mesmo que os terapêutas digam "faça isso, faça aquilo, pense assim" o interior de um dependente químico está tão machucado, que ele acha que não vai conseguir.
Mesmo que os médicos digam:
- Você vai conseguir.
Ele diz:
- Não vou conseguir.
Mas, ele consegue. Quem disse que o alcoólico tem que conseguir sozinho? Uma força superior o ajuda a acatar e a praticar tudo o que os médicos indicaram. Este poder superior, para mim, só pode ser Deus, eu creio que não há outro poder que não seja o Dele.
Essa doença faz três coisas:
1 § Denigre a imagem das pessoas:
As mulheres ficam conhecidas como "mães desnaturadas", entre outros nomes.
Em geral, os homens alcoólicos são taxados de "vagabundos" que não gostam de trabalhar e maltratam suas esposas e também são motivo de gozação entre os amigos. Mas, existem ainda mais "imagens ruins" que um alcoólico em atividade adquire. Além disso, estéticamente os alcoólicos não são tão agradáveis aos olhos dos outros.
2 § Acaba com a saúde das pessoas:
Como já citei anteriormente, o uso de álcool causa vários problemas de saúde e dos mais variados possíveis como, diabetes, pedra nos rins, pedra na visícola, pedra em tudo o quanto é lugar, câncer, pneumonia, desidratação, intoxicação, aminésia, loucura e mais tantas outras doenças, sem contar que a bebida mata.
3 § E o principal - ela afasta as pessoas de Deus:
Por isso, todos que fazem tratamento de alcoolismo, apegam-se a Deus, ou pelo menos a grande maioria. De acordo com a crença de cada um, Deus os ajuda a evitar o primeiro gole, em um dia de cada vez, à paços de tartaruga. Não beber pelo resto da vida é muito tempo para um alcoólico, por isso, só por hoje ele não bebe. E nesse pensamento, muitos já estão há anos e anos sem ingerir um só gole e não sentem vontade. Lutando em um dia de cada vez. A luta contra o alcoolismo é diária.
Os dependentes também precisam aprender que eles não são as grandes vítimas do mundo. Tudo o que acontece em suas vidas, foram eles mesmos quem procuraram. Ninguém foi amarrado e forçado à beber ou cheirar. Cabe à eles o famoso ditado: Quem procura acha. Eles quem procuraram essa vida. E encontraram.
Ter uma doença incurável não é nenhuma coisa de outro mundo. Eu mesma, tenho urticária, é uma alergia à certos alimentos e remédios e não tem cura. Convivo muito bem com essa alergia. Muita gente tem outros tipos de alergia e convive eternamente com ela. Todo mundo tem o vírus da gripe, basta descuidar-nos que esse vírus se manisfesta e ficamos gripados, é assim durante a vida toda, o vírus da gripe está sempre em nós. Isso mostra que ter uma doença incurável é muito mais comum do que imaginamos, não há motivo para espanto.
E aqui vai um recado para certos religiosos que dizem que os alcoólicos são pessoas endemôniadas:
Não acredito que seja pecado ficar doente. Acredito que eu não sou niguém para querer exigir que Deus faça o que eu quiser, pelo contrário, estou aqui para fazer a vontade Dele. Quem sou eu para colocá-lo na parede? Sim, Jesus levou nossas dores, nossos sofrimentos mas, não levou embora, ele levou consigo, isso quer dizer que ele sentiu nossas dores e sofrimentos. Se ele tivesse levado embora não ficaríamos doentes. Quem crê em Cristo não terá mais dores, lamentos e sofrimentos mas, creio que isso acontecerá no céu, aqui na terra sempre haverá percáussos mas, como bons cristãos, não devemos nos apegar à assuntos materiais e não dar importância aos problemas pois, um dia a nossa vida aqui na terra se findará, ou seja, todos os nossos problemas e nosso acumulo de fortuna são em vão, nada se leva daqui, isso me leva a crer que nossa vitória será no céu, não na terra.
Não, não estou pregando um Deus mesquinho, estou pregando um Deus que ajuda dia após dia um alcoólico a não tomar o primeiro gole e assim polpar sua saúde, sua imagem e conseqüêntemente aumentar seu tempo de vida. Isso é ser mesquinho? Estou pregando um Deus que permitiu a morte de seu único filho para que tenhamos vida para sempre. Estou pregando um Deus mesquinho? O que mais eu posso querer desse Deus? O fato de estarmos vivos já é uma grande benção, portanto, não tem porque pensarmos que Ele não nos abençôa. A graça Dele nos basta.
Não alcançará a sobriedade quem parar de beber ou quem parar de cheirar. Somente quem mudar de vida!



5 - Amar

Dizem que todo mundo só tem um grande amor na vida (estou falando do amor entre homem e mulher). Eu não penso assim.
Imagine que um certo homem tenha encontrado a mulher de sua vida e decidiu casar-se com ela, viveram felizes por muitos anos, mas, por infelicidade do destino esse homem tornou-se viúvo. Ele tem o direito de casar-se novamente, e para que ele se case denovo é necessário amar uma outra mulher, afinal, o principal motivo para a realização de um casamento é o amor entre o casal. Eu acho que um grande amor pode aparecer na nossa vida mais de uma vez sim. Suponhamos que no passado, eu julgava-me apaixonada por um homem porém, meu namoro com ele não deu certo. Tempos depois, eu encontrei um outro homem e julgo-me apaixonada por ele agora. Isso não significa que meu antigo namorado não tenha sido um grande amor, acontece que eu estou amando novamente. Por causa dessa historia de que o verdadeiro amor só aparece uma vez, eu já tive amigas que se casaram e hoje vivem confusas, não sabem se o que sentem por seus respectivos maridos é amor, porque o verdadeiro amor já apareceu em suas vidas uma vez, e elas acreditam que isso não acontece duas vezes. Eu não concordo. Eu penso que por mais que eu tenha amado um homem no passado, o amor pode aparecer novamente sim, e não significa que o que vivi no passado, não tenha sido um verdadeiro amor e que eu estava apenas enganada!

4 - Mães que perderam seus filhos

Acredito que cada um tem seu caminho traçado por Deus antes de nascer!

A criminalidade transformou nosso país em um verdadeiro caos.

Graças à Deus ainda existe muita gente boa aliás, a maioria das pessoas são boas, por incrível que pareça, pessoas más são minoria.
Porém, o que nos deixa indignados é quando maldades acontecem com pessoas boas. Mas, como eu disse no começo eu penso que todo mundo tem um caminho traçado, ou seja, Deus já sabe tudo o que vai acontecer no decorrer de nossa vida.

Nos últimos tempos muitas crianças e jovens estão sendo vítimas de violência. Muitas mães estão perdendo seus filhos de forma violenta, de forma covarde. Então, a pergunta:
Por quê?

-Por que eu?

-Por que tinha que ser o meu filho?

-Que mal eu fiz neste mundo, que mal eu fiz à sociedade para merecer isso?

-Por que Deus me deu a alegria de ser mãe que é a maior alegria do mundo e depois levou o meu filho sem mais, sem menos?

Saiba mãe...Ás vezes Deus permite que isso aconteça para acordar a sociedade. Mesmo que os nossos governantes não façam nada, isso pode ter servido de lição para muita gente.
"Todas as coisas cooperam para o bem daqueles que amam à Deus".
Tudo o que acontece na nossa vida, acontece para o nosso bem e nunca para o nosso mal.

Você que perdeu teu filho (a), pode se perguntar "o que Deus quis com isso? Por que Ele permitiu essa tragédia? Qual é o plano Dele?"
.

Mas, eu digo, não cabe à nós tentar adivinhar, isso é mistério, é segredo do coração de Deus.
.

Você pode se perguntar também:
-Por que eu tive que ser a escolhida? Justo eu?
.

Eu não sou mãe mas, imagino que não há dor maior que a dor de perder um filho. E Deus sabe de tudo isso, então, Ele escolhe as pessoas mais fortes, as mais corajosas e lutadoras para cumprir o seu plano. Se você perdeu o seu filho em algum acidente, ou com algum tipo de violência ou alguma doença, acredite, Deus está tentando mostrar algo à alguém, e escolheu você antes mesmo de você nascer pois, sabia que você seria forte e valente o suficiente para passar pelo maior sofrimento que alguém pode passar, que é o sofrimento da perda de um filho!