.

.

.

.

sábado, 13 de fevereiro de 2010

Ônibus?

.

É.

Querem que a gente vá de ônibus.

Dê uns tempos para cá tenho visto muitos anúncios dentro dos ônibus incentivando o uso desse meio de transporte.

No ônibus que eu ando sempre está super lotado de gente.

Nele há assentos reservados para os idosos, gestantes, deficientes físicos, obesos e pessoas com crianças de colo.

Eu nunca passo pela catraca, só quando eu chego no meu destino, aí sim, eu pago a passagem e passo pela catraca para poder desembarcar.

Sabe por que eu faço isso?

Porque do lado de lá da catraca não dá nem para respirar de tanta gente que tem ali.
Nós que andamos com cadernos, bolsas, guarda-chuva, casacos de frio (nunca se sabe quando vai esfriar), sabemos o quanto é complicado ter que ficar em pé no ônibus.

Por isso eu fico sentada lá na frente (antes da catraca) porém, sempre que entra um idoso, uma gestante, um deficiente físico, uma pessoa com crianças ou um obeso, pela regra, eu me levanto para que essas pessoas se sentem.
E ai de quem não ceder lugar para eles, pois tem umas senhoras e senhores que fazem um escândalo e xingam todo mundo de mal educado por causa desses benditos assentos, e aí ninguém se atreve a se sentar no lugar deles.
Bom, eu não me encaixo nessa categoria de mal educados porque eu sempre cedo o lugar.
.

Aí eu me pergunto: Nós que não somos idosos, gestantes, deficientes físicos, obesos e não andamos com crianças, teremos nosso assento reservado quando?

Será que minha passagem é mais barata? De jeito nenhum e mesmo assim eu não tenho direito de me sentar porque esqueceram dessa categoria de passageiros.

Quando será que finalmente se lembrarão de nós?
.

Para completar, há um tempinho atrás o motorista começou a discutir com um motoqueiro (briga de trânsito mesmo) e ele simplesmente parou o ônibus no meio da rua e desceu para brigar com o motoqueiro.
Nós passageiros tivemos que esperar o motorista levar uns "tabefes" do motoqueiro para que finalmente ele voltasse para o ônibus e continuasse o trajeto.
Já tinha gente ligando para a polícia, se o motorista demorasse mais um pouco ele e o motoqueiro seriam levados para a delegacia e nós passageiros nos atrasaríamos para nossos compromissos. Acho que o motorista pensa que a gente anda de ônibus só para nos destrairmos, só para passear.
.

Outro dia o motorista resolveu mudar de rota para fugir do trânsito e eu fui parar em um lugar totalmente desconhecido.
.

Andar de ônibus é uma verdadeira aventura, é impressionante a quantidade de fraudes que esses motoristas cometem, embora nem todos sejam assim (isso eu tenho que reconhecer e não posso generalizar).
.

Mas para mim o pior disso tudo é a falta de segurança na cidade que gera assaltos dentro dos ônibus.

E agora para completar não pára de chover e temos enchentes seguida de enchentes. Já estamos mudando nossos hábitos e está se tornando normal ver canôas e barcos circulando pela cidade, sem contar os carros que ficam boiando e são abandonados no meio da rua por causa da água.
.
.

Quer dizer: Não resolvem o problema da super lotação, não resolvem o problema do trânsito, não resolvem o problema das enchentes, não resolvem o problema da segurança e querem que a gente vá de ônibus!
Eles têm a cara-de-pau de pedir que usemos ônibus! (e o pior é que quem depende de transporte público, gostando ou não gostando, tem que usar de qualquer jeito mesmo)
.

Se eu tivesse carro (e se eu soubesse dirigir kkkk), por mais que eu veja campanhas até na televisão pedindo para as pessoas abandonarem os carros, eu jamais trocaria um carro por um ônibus porque andar no ônibus que eu ando é simplesmente desumano.

Quando chove é horrível, a gente fica no ponto, um engraçadinho passa de carro e espirra água na gente, aí já entramos no ônibus enxarcados, com nossa bolsa, nosso caderno, tudo molhado.
.
.

Não podemos nos sentar porque não temos direito, só consegue lugar os passageiros que embarcaram no 1º ponto, à partir do 2º não tem mais lugar e não tem mais ônibus, pois ele só passa de 40 em 40 minutos e sempre lotado.
.

O governo do Estado de São Paulo está ampliando as linhas do metrô e criando novas linhas, é o chamado "Plano de Expansão". Se eles estão investindo na obra a mesma quantidade de dinheiro que estão investindo nas propagandas para fazer marketing do governo do estado, podemos ter certeza que vai funcionar porque eu estou vendo tanta divulgação desse projeto que parece que eles gastam mais em marketing do que na obra em si, rsrs.
.


Próximo post: Trabalho é bom e eu gosto
.
Beijinho

36 comentários:

εїз ViViAn ★ Sbrussi /(",)\ disse...

Olá amiguinha!

...vim dar uma espiadinha no seu blog!vc está ficando boa nisso, hehehehe, teus desenhos estão ótimos! hehehehe
...desejar um ótimo carnaval!
...e deixar muitos beijinhos!




Adoro esse textinho...
precisamos ser estrelas...


¤°.¸¸.•´¯`εï瓤°.¸¸.•´¯`*¤°.¸¸.•´¯`εï瓤°.¸¸.•´¯`*εïз
εïз¤°.¸¸.•´¯`εï瓤°.¸¸.•´¯`*


As Estrelas e os Cometas

Há pessoas estrelas e há pessoas cometas...
Os cometas passam.
Apenas são lembrados pelas datas que passam e que retornam.
As estrelas permanecem. O sol permanece.
Passam anos, milhões de anos, e as estrelas permanecem.

Há muita gente cometa.
Passa pela vida da gente apenas por instantes.
Gente que não prende ninguém e
a ninguém que se prende.

Gente sem amigos,
gente que passa pela vida sem iluminar,
sem aquecer, sem marcar presença.
Importante é ser estrela.
Estar junto. Ser luz. Ser calor. Ser vida.

Amigos e Paixões são estrelas.
Podem passar anos.
Podem surgir distâncias,
mas a marca fica no coração.
Coração que não quer enamorar-se de cometas,
que apenas atraem olhares passageiros.

Ser cometa é ser companheiro por instantes,
explorar os sentimentos humanos,
ser aproveitador das pessoas e das situações,
fazer-se acreditar e desacreditar ao mesmo tempo.

Solidão é resultado de uma vida cometa.
Ninguém fica, todos passam.
Há necessidades de criar um mundo de estrelas.
Todos os dias poder contar com elas e
poder sentir seu calor.

Assim são os amigos estrelas na vida da gente.

São coragem nos momentos de tensão.
São luz nos momentos de desânimo.

Ser estrela neste mundo passageiro,
nesse mundo cheio de pessoas cometas,
é desafio, mas acima de tudo
uma recompensa.

Recompensa de ter sido luz para muitos amigos,
ter sido calor para muitos corações,
ter nascido e vivido e não apenas existido.

(Autor Reinilson Câmara)


...............................•:::::•
    ..¸,.•´¨`•.( -.- ).•´¨`•.,¸
     ¨`•--•-¨( ")(" )¨-•--•´¨☆ViViAn\\(^_^)// Sbrussi


. o *´¨       . o *´¨ .   o*´¨ ¸.  o` ´¨ ¸.¸.¸.
 o´ ¸  .o` ¸.  o´¸   .o*´¨ ¸.¸.¸.¸.

Marinilce disse...

Maravilhoso este assunto.
Sempre passei por essa situação vivida em ônibus lotado desde o tempo de faculdade.
Eu me formei, continuei estudando, fiz concursos, passei, trabalho e continua tudo a mesma coisa.
Vez em quando fico bolando um trajeto diferente para não virar uma sardinha em lata.
Agora por último para fugir disso tudo e dos engarrafamentos monstruosos e em pé no ônibus, resolvi sair mais cedo de casa. (bem mais cedo)
Acordo às 04:30hs para sair às 05:30hs. Chego ao trabalho às 07hs. Meu horário é às 8hs, mas se eu sair depois de 06:30hs só chego lá depois das 09hs. ~Já vejo a hora da cidade parar.
também não tenho carro e nem sei dirigir...rsrs
Mas pretendo aprender e comprar um assim que puder.
Concordo com seu ponto de vista.
Quem pensa em nossos direitos?
Será que temos algum direito?
Como dizem os recrutas no tempo de serviço militar: nosso direito é não ter direito...(ou os superiores falam para eles, não me lembro bem).
Exatamente tudo que vc falou acontece comigo há anos!
Por isso a importância do trabalho, da batalha. Penso que é um tempo de sacrifício, tempo até demais, mas que no momento oportuno seremos recompensadas.
Coragem, força, fé.
Você é uma batalhadora, merece tudo de bom. E o que há de melhor está guardado para você. É só aguardar seu tempo.
Beijos querida.

Elaine dos Santos disse...

Oi... não uso ônibus regularmente, afinal vivo em uma cidade pequena, mas lembro as dificuldades enfrentadas no tempo da graduação. Sou favorável a ceder assentos para idosos, gestantes e mães com filhos pequenos, porque imagino o desconforto deles, já que a gente se sente super mal em pé, em um ônibus lotado, eles devem se sentir super-hiper-mega mal. Agora, o que eu não aceito é o sucateamento da frota, o despreparo dos motoristas, a violência no trânsito (não apenas motoristas de ônibus, mas a maioria das pessoas tem feito do trânsito um válvula de escape!). Eles, "os omi", que detêm o poder público - municipal, estadual, federal - deveriam primeiro oferecer condições mínimas de dignidade para depois incentivarem o uso do transporte coletivo, mas, neste país, ninguém é sério, né? bom feriado :)

Marcos Vichi disse...

Olá Juliana!

Há alguns anos eu morei em São Paulo. Quase não andei de ônibus, porque, pela falta de conhecimento da cidade, tinha dificuldades para identificar o lugar onde precisaria descer, rsrsrs, mas tive a chance de usar o metrô (gostei muito) e os trens paulistanos.

No Rio de Janeiro os transportes públicos passam pelo mesmo problema: Cheios, quentes e demorados.

Apesar dos problemas, que os moradores enfrentam diariamente, eu identifico dois exemplos a serem seguidos pelo Rio: O bilhete único de vocês custa R$ 2,30 e dura três horas, e a integração entre ônibus, trens e metrô, que em Sampa é muito interessante e não existe no Rio.

Um abraço,

Marcos Vichi

.Macarenna disse...

Ahh primeira vez aqui e fico feliz
pelo seu comentario no meu blog ;D

muito massa, mesmo e o tema já diz td ;D

beeeijoos

Dani Z disse...

Oii guria
bah q blog legal adorei
até pq onibus é um assunto q eu entendo... meu meio de transporte.
Que coisa séria aqui onde moro tem duas empresas uma intermunicipal e outra municipal e acredita a municipal é mais cara e precária que a outra.
adorei teu post e vou te seguir no meu blog
bjooo

Dil Santos disse...

Oi Juliana, tudo bem?
Menina, sei bem como é isso. é de se revoltar mesmo. Eu detesto pegar ônibus, pego 1 vez por semana pq é o jeito, rsrsrs
Então, esse começo é mágico né? rsrs
Um bjo
:)

Juliana Oliveira disse...

- Vc está certa. Temos que ter a visão correta das coisas. Obrigada pela visita, gostei muito do seu blog, no maior estilo "digo o que penso". Tava faltando um blog assim....rs
volte sempre
Bjoooos

Katia disse...

Só nós que moramos em São Paulo sabemos dessas loucuras. Me perdoe mas o trágico, acaba ficando engraçado porque ultrapassa o absurdo mas acredito que tudo isso é porque sempre fomos manipulados demais desde a ditadura, pelas escolas e meios de comunicação e o povo não tem união para lutar pelos seus direitos. São vozes sofredoras isoladas que para quem esta na cúpula, não faz a menor diferença. Onde estão as obrigações do Estado?
Só está escrito mas não é praticado...bjs...obrigada pelo seu comentário. Leia o da Cracolândia qdo puder.

Layz Costa disse...

Esse assunto é compleeexo!
HUHAIUEHIUAHIUEHAIUEHIU

Mas Juli, tem selinho pra você lá no blog.
beijo
=*

Tegani disse...

ônibus é terrível ...
E quanto aos assentos reservados ... é como se não tivesse pq ngm respeita.

Gostei muito do seu post.

Daninha disse...

OASPKAPSOPAKSAOPSKAS
Aqui na minha cidade ainda nao tem pessoas em canoas, mas os onibus sao lotados.
Eu não gosto de ter que pegar onibus mais fazer o que neh, se nao for de onibus tem que ser de ape, ja que só tenho 16 anos e ainda nao dirijo, mas nos onibus acontecem muitas coisas engraçadas...
oapskaopaksaospaks'
Beijos

Helena Rocha disse...

kkkkkkkkkkkkkk... huahauhauahuah
qnt criatividade menina dorei rsr..rsr..

tenha uma otima semana
bjússssssssssssss milllllllllll

Lena

Carolinne disse...

Realmente está um caos!

LIndo seu log muito bonito e interessante! :D

Luke Cohen disse...

hey!

mas te digo, vale a pena ver Percy Jackson, apesar dos pesares, pra quem é fã, façam o que fizerem sempre vamos curtir, né?

rs

Ah, e diga-se de passagem, onibus, quem não ama? =p

beijo

Laurinha disse...

Ju querida,

Ratifico teu texto, na essência!
Lembro apenas que, na minha humilde opinião, parte desses inúmeros problemas que relatas, poderiam ser eliminados, se houvesse a presença do PODER PÚBLICO, na sua OBRIGAÇÃO de OFERECER SERVIÇO PÚBLICO À CONTENTO, respeitando e fazendo respeitar os direitos assegurados na Constituição.

Mero detalhe...rsrs

Beijos linda,

Juliana! disse...

Aqui em Recife só fica lotadão assim em horário de pico, mas não deixa de ser ruim!
Reclamação digníssima! (fora o calor danado que faz dentro do ônibus)

Karen Kremes (Karkr Napon) disse...

Olá Juliana!
Obrigado pelo comentário e os parabéns, amei ;D

Que post maravilhoso, olha, concordo com tudo o que você disse sobre o ônibus. Eu não moro em São Paulo, mas aqui temos o mesmo problema na questão dos assentos: pagamos o mesmo valor da passagem que todos, mas também não temos direito de nos sentar. Faço parte das pessoas que cede o lugar para idosos, gestantes, deficientes físicos, pessoas com crianças ou obesos, porém, concordo plenamente com você quando questiona "Nós que não somos idosos, gestantes, deficientes físicos, obesos e não andamos com crianças, teremos nosso assento reservado quando?" Infelizmente, acho que no dia de São Nunca. Está certo que queiram previlegiar estas pessoas, mas e nós? Faço parte do grupo de pessoas que sempre anda com mala, casaco e guarda-chuva e como você disse... É um caos pegar ônibus carregando tudo isso, sem falar de compras ou outra coisa. E mesmo que a gente entre no ônibus no 1º ponto já nem vale a pena sentar, porque sabemos que no minuto seguinte teremos que ceder o assento, porque, como foi muito bem citado, há pessoas que armam um escândalo no ônibus por isso, ou então, ficam falando alto e dando indiretas nada sutis para aqueles que sentam nestes lugares reservados. Eu sempre fico de pé, portanto não passo por situações assim, mas quando vejo um lugar que não é reservado e uma destas pessoas "da regra" faz o maior barulho para tirar o passageiro que já está sentado ali, eu não tiro a razão dele. Ora essa, também pagamos pela passagem e também estamos cansados, voltando do trabalho, faculdade e etc, por que só eles podem sentar enquanto o resto deve ficar de pé? Também temos direitos e se não for para nos sentarmos no ônibus, então, que paguemos menos pela passagem, pois além de ser um total desconforto, ainda não nos sentamos. Aos olhos de pessoas que não sabem serem criticas, minha opinião pode paracer má, mas é o que eu acredito. Não tiro o direito daqueles que tem assentos reservados, mas também deviam se lembrar de nós, pessoas comuns que pegam ônibus.
Sobre as enchentes em SP é uma vergonha o governo não tomar qualquer providência e mandar o povo ir de ônibus por culpa da incompetência deles, vendo o Carnaval que a gente percebe o quanto eles não tem nem aí para os problemas do país, jogam milhões de reais no lixo em algo estúpido, passageiro e imoral com essa festa ridícula, enquanto pessoas morrem afogadas, soterradas ou em acidentes da estrada pela falta de investimento, uma vergonha. Prestemos mais atenção em nossos governantes nas eleições deste ano...

Grande e forte abraço
Deus abençoe
Karen Kremes (Karkr Napon)

Sequelanet disse...

Se você reclama dos onibus de São Paulo é por que você ainda não viu a situação aqui em macapá. Não andamos em ônibus, andamos em sucatas! detalhe: aqui não existe metrô.
espero que isso melhore.

Ray Siq disse...

Nossa!! muito bom os textos, eu que o diga tb, essa historia de pegar onibus todo dia é um sufoco! bem que eu queria que lembrassem logo da gente "os sem categoria" rsrs

Beijoo super ;**

Bruna Rodrigues disse...

Se já é horrível andar de ônibus na minha cidade que não tem nem 1 milhão de hab., imagina em São Paulo que é enorme. Deve ser muito tenso. Esse problema do transporte público é muito complicado mesmo, eu acho um absurdo pagar mais de 2,00 sendo que no onibus nem tem aar condicionado, sempre estão lotados, é simplesmente desrespeito com a população. Fora ter que aguentar as pessoas mal-educadas e mal cheirosa, rs.

Mary disse...

O transporte público de SP na época de estudante( há bons tempos atrás) nunca foi um serviço de qualidade, imagino o caos que está agora.
Bjkas

Carol Garcia disse...

Ju concordo penalmente mesmo não sendo adepta a ônibus, o preço cada vez aumenta mais e as polêmicas são sempre faladas, eu como não costumo andar mto de onibus e não moro em uma cidade mto grande não sofro mto com isso, mais td mundo fala a toda hr sobre isso, é uma vergonha falar isso num país né !
Ju um beeijo ;)

''Tay' disse...

Adorei o tema que vc utilizou no texto e as imagens humoristicas Ç.Ç
muitoo legal mesmo.

bjus =*

juu . disse...

onibus é fooda! aperta aqui, mal cheiro ali, HUAHUAHUAUHAHUAHUAHUHUA'
que legal aqui xará!
*---* e a pee é muita cheia de opinião ela é foda, mas n como o onibus HAHAHA' enfim, eu postei a história da lorena e do bernardo , vai lá conhecer, tem os links no menu do lado. :)))
beijos. boom fds.

Alexandre Fernandes disse...

Ônibus sempre é desumano, porque realmente não respeitam o cidadão. É em todo o lugar mesmo.
E as passagens estão sempre aumentando. Mas não vemos mudanças significativas. Parece ficar pior.

Depois não entendem porque preferimos carro. Ai ai rsrs

Beijo Juliana.

Obrigado pela doce presença no meu blog.
Fica bem.

Metal Mind disse...

Obrigado pela visita e comentário.
Dei uma passada rápida antes, mas vi que tinha muita coisa interessante pra ler e resolvi voltar com mais tempo.
Ótimo post, muito legal as ilustrações, simples mas cheias de significado.
Transporte coletivo precário e enchentes, dois itens em comum entre o litoral paulista e a Capital.
Do jeito que as coisas andam, daqui a pouco além das rodovias, teremos 'aquavias' ligando o planalto e a baixada.
Ótima semana, e até a próxima visita.
Abraço.

Deni Maciel disse...

transporte publico
tá tão lamentável quanto muitas outras coisas publicas q é melhor nem citar.
=/
bm passando pra desejar uma ótima semana
e deixar o PUMsamento do dia...
se você tem aquele amigo bebum....que intorna todas...o deus dele é o zeca pagodinho e a santa é a amy winehouse....lembre que poderia ser pior..ele só num bebe acetona porque
tira o esmalte dos dente . ..
abraços e se cuide.

Oscar Menezes disse...

Ando de ônibus todo dia para ir ao trabalho e à faculdade e posso dizer com propriedade: andar de ônibus é uma das coisas mais humilhantes do meu dia. Sempre lotado, pessoas se esfregando umas nas outras, cobrador que não deixa você descer pela frente e quer que você saia empurrando todo mundo pra ir até o fundo...
Quando ando de ônibus é que vejo que não vale a pena reeleger ninguém, porque o transporte público está cada dia mais caótico e sem qualidade.
Sem contar os constantes aumentos das tarifas.
Aí me vem a propaganda: "Ande de ônibus. É legal". Não é legal nos dois sentidos, pois além de ser uma das coisas mais chatas, posso dizer que é ilegal, porque está sempre lotado acima da capacidade máxima informada na placa interna da frente.
Realmente, um grande descaso...

Caroline. disse...

Fala Ju \o/ Adorei o seu blog ;)
Ah eu nem posso reclamar sobre esse lance de onibus pq aqui na minha city em MG é tudo sussa, mas ja morei em SP e sei como é. Vc falou tudo...
Beijão =*

Miguel disse...

Aqui em Portugal tem muito desse problema mas existe também muita gente mal formada que deixa idosos e mesmo grávidas ou mulheres com bebés ao colo de pé. Depois há ainda aquelas idosas que, indo para os bailes de reformados todos os fins de semana querem porque se acham no direito, que você dê logo o seu lugar para elas, nem querendo saber se - apesar de você ser nova - teve um dia de grande trabalho, tem alguma doença que não seja visível ou algo do género. Mesmo assim sou defensor dos transportes públicos. Pena que não tenham mais condições e sejam mais assíduos.

Sagesse disse...

Oi!

Olha, acho q o governo está fazendo o papel q lhe cabe. E acho q tem q ser meio trouxa (sinceramente) para cair nessa conversa. Andar de ônibus em si não é ruim, mas em SP é uma #$%¨&. Trânsito caótico, superlotação, cobradores com cara de **, q pensam q fazem o maior favor do mundo qdo dão uma mera informação.

Enfim, poucas coisas me revoltam e o transporte público de SP é uma delas.

Junte grana p comprar um carro pq ngm merece.

Beijos.

Jullyane disse...

Graças a Deus não dependo mais de ônibus, mas lembro bem o quanto eu sofria quando os usava constantemente. É uma vergonha mesmo!

Concordo com tudo o que vc disse! Onde assina?!?

Beeeijos

Giovanna. disse...

Questões complicadas, mas deveriam sim serem discutidas para alguma solução, pois tudo tem solução não é? KK

Simples assim... disse...

Ju, pensei q vc fosse do Rio! Mulher eu passo nervoso todo santo dia por causa dessa porcaria de transporte publico de SP, aplausos para o seu post, um lixxxxxo pegar bus aqui, sujo, motoristas q dirigem q nem loucos, o bus demora um seculo para passar no ponto, lotado, fora o povo sem educação e sem noção q me irritaaaaaa!!!! Ah, detalhe, pagamos para passar por isso!!!!

Lu**nática disse...

Aqui no Rio é a mesma coisa, eu inclusive também postei um texto sobre este tema. Andar de ônibus nas grandes cidades é uma roubada total !!!!!!!!!