.

.

.

.

sábado, 25 de abril de 2009

Reality Show


Bom, para quem nunca ouviu falar, eu explico.

Trata-se de um reality show.

O apresentador do reality é o empresário Roberto Justus.

Ele é o único patrão que te demite sem sequer ter te contratado.

No programa, os participantes disputam uma vaga de emprego em uma das empresas do Justus e ainda levam um prêmio de 1 milhão de reais.

Toda semana esses participantes realizam tarefas. Quem se sair mal, vai para a sala de reuniões conversar com o Roberto Justus que demitirá uma dessas pessoas, ou seja, a pessoa será eliminada do programa.

Até que eu gosto desse programa, que por sinal, é o único programa da Record que eu assisto, rs.
Mas o programa tem ótimos índices de audiência.

Eu só não me simpatizo muito é com o apresentador, acho ele um tanto antipático. (Se alguém aqui for fã do Justus, pode me xingar depois, rsrsrs).
.

Eu comecei a assistir "O Aprendiz" quando eu trabalhava no call-center.
O meu supervisor disse para a gente assistir o programa porque era muito bom, nós aprenderíamos muitas coisas e o programa nos ajudaria em muitas ocasiões e problemas referentes ao trabalho.

E eu nem imaginava que tempos depois, vários chefes, Brasil à fora, iriam incorporar o próprio Robertos Justus neles, rs.

Eu acho que "O Aprendiz" antes de ser uma seleção de emprego, é um programa de televisão, onde só é visada a audiência, portanto, nem tudo nesse programa é tão correto assim (na minha opinião).

Como por exemplo, todos sabemos que um chefe não pode dizer que o trabalho de seu funcionário é péssimo, pois isso é uma falta de respeito com o trabalho dos outros, que pode não ter agradado ao chefe, mas é o trabalho que ele fez e merece ser respeitado. E no entanto, o Justus já disse várias vezes aos participantes que o desempenho deles em determinada tarefa foi péssimo, foi isso, foi aquilo. Isso na vida real, pode até desmotivar o funcionário.
Outra coisa é que o Justus fica corrigindo gramáticamente as pessoas publicamente, na vida real isso seria um constrangimento para qualquer um.
.

E eu acho um absurdo o Roberto Justus exigir que ninguém o interrompa enquanto ele estiver falando, sendo que ele mesmo interrompe todo mundo. Eu acho que ele deveria dar o exemplo.
E "K" entre nós, dá uma raiva quando o Justus fala: Não interrompa o meu raciocínio! rsrsrs.
.

Á seguir, um vídeo com um episódio do programa, exatamente na parte em que os participantes que se deram mal nas tarefas estão na sala de reuniões dando explicações ao Justus, tentando convencê-lo à não os demitirem.


Primeiro o Justus ficou criando caso com a moça só porque ela disse que não se achava melhor do que ninguém. Mas no final, demitiu o rapaz só porque o rapaz não escreveu o nome "Justus" corretamente. O rapaz escreveu Justos, com a letra 'o' e o correto é com a letra 'u'.

Mas aonde foram arranjar esse nome? Nem eu sabia escrever, rsrs.

Depois que eu assisti o vídeo eu tive que corrigir o meu post inteirinho porque eu estava escrevendo Justos, em vez de Justus, rsrsrs.

Agora, perguntem se eu sei escrever o nome do meu chefe!

Sei nada.

A lição que eu tirei é que se você quer se manter no mercado de trabalho, aprenda a escrever o nome do teu chefe, do contrário você será demitido.
É brincadeira gente, rs!

Embora o Justus tenha realmente se incomodado com a moça quando ela disse que não se achava melhor que o rapaz e tenha reclamado com o rapaz pelo fato de ele ter escrevido "Justus" incorretamente, ele permaneceu com a moça no programa e demitiu o rapaz por outros motivos, muito mais sérios, que ele mesmo expôs nessa reunião. Está tudo no vídeo.

O Justus falou para o rapaz que "uma infelicidade dessas ele nunca tinha tido antes". Igualzinha a minha ex-chefe que eu contei no post anterior que disse que "nunca tinha tido uma decepção tão grande quanto ela estava tendo naquele momento".

Ela é mais uma que foi contaminada pela Síndrome de Roberto Justus ou Justus Mania. Decepção teve eu, com aquela empresa bagunçada.

E hoje em dia, um monte de gente fica imitando o Roberto Justus. Sabe aquela frase que diz que a vida imita a arte. Realmente essa frase faz sentido.

Nas reuniões com o chefe, eles estão cada vez mais indelicados, ficam dando "showzinhos" em vez de reunião.

Vocês já perceberam que a tendência desses reality show, é mostrar o que normalmente é feito em particular?

A avaliação que um selecionador faz sobre o candidato, ele guarda para ele, não fica dizendo que avaliou que esse candidato é um incompetente, é preguiçoso, é fofoqueiro. O selecionador simplesmente dispensa o candidato, dizendo que entrará em cantato quando tomar sua decisão.

E no reality, eles mostram tudo o que acontece mesmo, o que os chefes falam sobre os funcionários, etc.

Então, não tem porque a vida real ficar imitando tudo o que vê na televisão.

Eu acho que os líderes devem estudar mais, se especializar mais, ler mais, em vez de ficarem assistindo televisão.


Em "O Aprendiz" os participantes concorrem há um super emprego e a 1 milhão de reias. Portanto, vale a pena passar por tudo isso. Mas na vida real, ninguém está concorrendo a 1 milhão de reias, passar por todo esse estresse e ser avaliado dessa maneira, para um emprego "comum" vamos dizer assim; me desculpe querido chefe, mas eu não estou passando fome. Ainda não, rsrs.

Se ninguém é perfeito, a liderança de ninguém é perfeita, nem a liderança e a avaliação do Justus é perfeita, pois ele é um ser humano como qualquer outro.

E mesmo que ele diga que o programa dele não é um jogo, ainda assim eu acho que as pessoas não devem seguir tudo o que assistem na TV.

E o próprio Roberto Justus diz em entrevistas que nas empresas dele, ele não age da mesma maneira que ele age no programa.

Não sei se é verdade, mas dizem que no "O Aprendiz" dos Estados Unidos, eles falam até palavrões. Viu como não se pode pôr em prática tudo o que se vê na televisão! Existem milhares de maneiras de se avaliar um candidato. As pessoas precisam diferenciar "programas de televisão" e "vida real".

Mas continuo gostando de "O Aprendiz" vejo esse programa como um jogo, como um programa de entretenimento e no meu outro blog, o Menina Empreendedora, eu postarei um episódio em que o Justus fala sobre ética e fala sobre o Brasil. Eu amei!


Eu já vi profissionais de televisão falarem que na TV tudo é marketing, absolutamente tudo. E é mais ou menos sobre isso que eu falarei no meu próximo post. Não é EXATAMENTE sobre isso, é mais ou menos sobre isso, rs.

Próximo post: Tudo é Marketing.

BeijinhoImage Hosted by ImageShack.us

43 comentários:

Bertonie disse...

É, tua opinião meio que tá em sintonia com a minha.
Tá certo que o programa procura mostrar a realidade no campo dos empregos e talzz, mas o que conta mesmo é a audiência. Se o povo gosta de briga, então pode apostar que vai ter briga.
E adjacências.



beigos mil

Philip Rangel disse...

Entendi a sua opiniao e concordo com ela...o Aprendiz ajuda sim muita gente..nao é a toa que o aprendizado ali levou ao 6..qm dera se eu pudesse participar...ja q so ocorrem em SP e eu moro em MG...

abraços

Sofih disse...

Eu gosto desse programa...
Assim, admito que eu gosto não pelo fato do programa mesmo, mas porque é realmente divertido ver aquilo.
Muitas vezes o reality show não mostra a verdade verdadeira. Eles mostram o que querem que as pessoas vejam e o que faça eles ganharem audiência!

Beijoos

Renata disse...

Menina, to doida p/ ver esse novo aprendiz com os universitários, estagiários ... mas ainda não tive tempo :((
Bjs

Ryan disse...

Eu nunca havia visto o programa, só ouvi falar algumas vezes! Fiz questão de ver o vídeo que vc colocou ai e olha... Ele é bem incisivo o tal Roberto Justus! Mas acho que faz parte da proposta do programa, tornando assim os episódios mais atrativos digamos.

beijo

mendogas disse...

oi amiga obrigada pela tua visita
É mesmo o homem de "Justo" não tem nada.
Por isso temos de escrever Justus
os reality são mesmo assim "polémicos"
pra cativar audiência!
Aqui no fim de semana dá um que se chama "Uma canção para ti"são só miudos e corta-me o coração quando eles no fim mandam embora duas crianças
por vezes tento pôr-me no lugar das crianças e é como nós estár-mos em um sonho muito bom, e de repente mandarem-te com um balde de agua fria em cima!
Os miudos choram,os pais enchem os jornais diários a dizer mal de tudo
emfim uma grande Mer___!
Mas os miudos continuam a lá ir!
Olhapor aqui dizemos qua atrás de um grande Homem está uma grande Mulher!
Na minha casa nimguêm está atrás caminhamos lado a lado!
já vão 30 anos!!
bjo

Vera disse...

Confesso que também não acho o Justus simpático, Jú...hehehe
Sei que tem uma mensagem no programa. Acho que é exagerado mas, para mostrar as pessoas o quanto, hoje em dia, não basta somente se ter a formação acadêmica. é cada vez mais necessário que se tenha iniciativa e garra para se sobressair em qualquer campo de trabalho.
Mas que ele é nojentinho...isso eu acho que é! hehehe
Bjks!!! Bom começo de semana!!

Paula disse...

oi ju,
o programa tem boas dicas im, mas, nunca devemos esquecer que eles estao sendo filmados, sao "atores" e estao ali fazneod tipo sim senhora...rssss
gosto, assito vez em quando, ams questiono muito a postura de cada um deles...
acho até que é meio montagem algumas coisas...

boa semana
bjazao

Cidchen disse...

Não conheço o senhor apresentador.
Mas de cara não me convenceu também. xD

Beijinhos

❀тєcα❀ disse...

Nem vou falar muito Juh já porque eu nunca assisti O Aprendiz e eoutra porque eu não gosto da Record muito menos do Roberto Justus, que cara mais mala, parace que nasceu sabendo das coisa afff!

Mas o tema aboraddo é ótimo beijinhos!

Ana Priscila Affonso disse...

Olá !

Realmente O aprendiz não passa de um reality show, assim como muitos outros.
Espero que de um pouco de lixo e luxo , as pessoas consigam retirar algo bom não é mesmo?
Fica em Paz

adorei teu blog continue assim com suas criticas diarias.

Um beijo de luz *

Oscar Menezes disse...

Olá Juliana. Está na cara que o Justus segue um roteiro feito pela produção do programa, até porque no mundo real as coisas não funcionam da mesma forma que no programa. Principalmente no mundo corporativo. O Justus (personagem, não a pessoa) comete erros que são imperdoáveis no meio corporativo, e um deles é expor o profissional na frente dos colegas de trabalho. No programa também, os candidatos não podem dar suas opiniões - só valem as opiniões do Roberto Justus. A pessoa do Justus eu não conheço, mas duvido que ele aja dessa forma nas suas empresas.
É incrível ver como existem chefes que além de recomendar esse programa, ainda agem em conformidade com o personagem do Roberto Justus, sendo prepotentes, inflexíveis e arrogantes. A esses está reservado o destino de perder rapidamente os seus melhores talentos para a concorrência, além de perder a sua posição, pois nenhuma organização que se preze quer perder talentos.
Enfim... é um reality show, e como reality show, não deve ser levado tão a sério como levam.

A menina do mundo roxo! disse...

Amiga, blz? EU não posso opinar muito sobre o programa porque não assisto. Mas sobre saber escrever o nome do chefe, isso tem que saber e corretamente. Rs.... beijo e obrigada pelo carinho! Aproveitei bastante a viagem! Depois vai lá ver as fotos!

Vivian Sbrussi disse...

Oieee querida amiga!
td certinho?

tem um desafio pra vc lá no meu blog! se quiser fazer vá direto ao link:

http://viviansbrussi.blogspot.com/2009/04/desafio-historia-de-amor.html

bjinhooo

Marcos Vichi disse...

Olá Juliana!

Enfim encontrei alguém que não simpatiza muito com o Justus! Hahahahahaha. Eu também o acho prepotente. Mas o programa em si é interessante.

Beijos,

Marcos Vichi

Ryan disse...

Realmente você é bastante incisiva quanto a sua caixa de comentários! ;D acabei de ler o recadinho que você me deixou hahaha! Ai pensei, será que eu disse algo errado? Voltei e conferi o meu recadinho :S [medo]! Mas entendo você Ju, é muito chato entrar em discussão sobre os textos postados pois são carregados de pessoalidade!

*mesmo assim ainda não discordei de nenhum dos seus textos. Sua abordagem é bem interessante.

Beijo

Empadilha disse...

é esse negócio de usar a intuição é meio feminino...rs
eu nunca jogo tambem ...
ei muito bom seu blog...
valeu pela visita e aparece a hora que quiser...
bjo...

KarolinaB disse...

oi juliana

eu gosto do programa, mas eu entendo que desde o "piloto" eles formulam uma coisa pra dar audiência. Entao tirando toda a estratégia, eu acho q é uma boa cópia do projeto americano.

Gerly disse...

Eu gosto de assistir, Ju! Rs..

Acho que quem vai já sabe mesmo o que vai encarar, então, não tenho pena de ninguém.

Tá na chuva, principalmente nessa, é pra se molhar.

Pelo menos o programa do Justus não é apelativo nem pernicioso como os outros.

É interessante.

Beijokas!

:o)

P.S. Trabalhei numa empresa que tinha uns caras do tipo Justus. rs...
Eu nem me importava. Faz parte!

Dany disse...

Eu vi uma vez uma entrevista dele, que ele exlicava que apesar do programa ser real, ele vestia um personagem, que tinha q ser ríspido, duro e às vezes cruel com os participantes...
Enfim, ele quis deixar claro que ele, na realidade, não era assim com seus funcionários e eu espero realmente que não seja, pq chega a ser patético as humilhações que os participantes sofrem e acho q na vida real, ele poderia sofrer até processos, por conta disso!
Agora é ridículo pessoas q se julgam chefes, imitarem uma coisa dessas... pq ali é o cúmulo de arrogância que pode existir!
Bjs

Ellen Mariano disse...

Pode crer, o Justus é meio mala!!!! (meio? rsrsr)

seu blog é muito bacana.... pena q esses dias eu sumi um pouco da net... mas tbm quero te agradecer por vc visitar o meu blog...

a proposta do seu e do meu blog sao diferentes, mas acho q de uma certa forma se "completam" rsrs

continue com esse blog super bacana!!

bjokas

Karkr Napon disse...

Olá Juliana!
Obrigado pelo comentário, amei ;D
Ameeeeei este post, principalmente o "Ele é o único patrão que te demite sem sequer ter te contratado", HAHAHA, me rachei de rir. Nossa muito divertida sua crítica ao programa, dei muitas risadas em diversos pontos e concordo com você, também gosto do programa, mas não gosto do "apresentador", hauahuahuaha. Realmente Roberto Justus é muito arrogante e parece que se diverte humilhando os outros e como você disse, de uma forma ou de outra, é um programa e busca audiência, então, obviamente nem tudo o que acontece é real, diga-se de passagem o caso mais recente do estudante João Granja que no último programa questionou a idoneidade do programa e bateu de frente com o empresário dizendo que o programa é um jogo, e realmente é. Sigo vendo o programa, mas como entretenimento, até porque o Justus não faz nada do que diz em seus "discursos" sobre moral e ética, é apenas um rico arrogante ditando a um chefe e um empregado o que devem fazer e infelizmente a maioria segue esse tipo de gente...
Bjonas Brothers e Deus abençoe!
xD

Oscar Menezes disse...

Outra coisa que esqueci de comentar: sobre escrever o nome do chefe, a atitude do Justus foi ridícula. Vou dar um exemplo pessoal. Meu chefe se chama "André Dibi" e vez ou outra tanto eu quanto os demais funcionários escreve "Dib" (como é mais comum) e nunca tomamos bronca com isso. O inconveniente é só na hora de enviar um email pra ele. Bjo.

adenilson disse...

lendo tdo isso chego a conclusão q o roberto naum tm nada d justus
só a calça e olhe lá ¬¬
mas eu vejo esse programa
axo q ele foge mesmo da realidade "demissional"...
mas as provas são tarefas CLT´s mesmo aposkapskapskaposkas
eles terã q fazer o q fazem e até mais coisas..
enfim.
é um programa q ainda não cansou
diferentemente do bb q é mto tosco.
tm q ser mto sangue d barata pra v akilo kkkk


mas enfim . .
esse com universitários tá quase universOtários
só fazem merda uma ekipe lá afff..

escultar..
pff

brigado por ter passado lá no
www.bagageirodocurioso.spaceblog.com.br
um ótimo feriado com FDs
abraços
e tá convidad a voltar lá pq tem novidades.
inté mais

Nade disse...

Olá!
Em fevereiro, véspera de eu viajar de férias, fiz um selinho em homenagem aos amigos blogueiros, aos seguidores, aos blogs que sigo.
Fiz porque amo selos e eles são a melhor expressão de carinho aqui na blogosfera.
O seu é um destes!
Não só isso! É também de me fazer sempre presente para que vocês saibam que tem sempre alguém esperando ansiosamente as suas postagens...
Por favor, vá até ao Orgulho de Ser, pegue o selinho e rebeba-o com muito carinho.
A postagem é a Selo Orgulho de Ser - Parte II.
Espero que goste!
Grande beijo e um excelente final de semana!
Nade, do Orgulho de Ser.

Eliana / Lu Maria disse...

Eu assisti as duas primeiras edições do programa, depois não vi mais pq comecei a trabalhar de manhã... rsrss... ficava com sono. Vejo depois, no you tube algumas provas, porque tem uns lances bacanas. Tbm vejo em outros programas da record, alguns flashes e tal... sempre achei que o personagem do programa é muito chato. Digo personagem porque qdo vemos o Justus em outros programas ou até mesmo sendo entrevistado, ele me parece um patrão muito competente e centrado. Não creio que ele seja daquele jeito arrogante, hoje em dia isto está muito em desuso. Há empresas que chamam seus empregados de colaboradores e tal... vai ver é pra dar um medinho nos participantes mesmo...

rsrsrs

Taian disse...

Adorei seu blog, ele tem muito conteúdo.
Vou ter que ler um pouquinho por dia pra acompanhar tudo. ^^
Já está inscrita no meu reader.
Qualquer dia vai sonhar mais comigo.
Beijo.
=*

Mary disse...

amiga, tb gosto do programa do justus, mas assim como vc vejo ele como um programa, um jogo e só.. acho justus muito grosseiro em certas colocações q faz.. o cara deveria dar o exemplo do q quer dos fundionários e ñ esculhambar com eles.. qto aos patrões estarem puxando ao justus, alguns infelizmente sempre foram, outros estão entrando no modismo né?? hehehe.. bjoks mil e ótimo domingo..

P.S.: tb tô escreveno justos, vou ser demitida.. hahahahahaha...

b disse...

Tudo é marketing mesmo.
Até gente é.
Não sendo até e desde os primórdios...

Eliane disse...

Nossa!O seu blog está lindo!Continuas com as postagens bem escritas e interessantes.
Parabéns!

Luana Ferraz disse...

Nossa é cada uma que a midia cria... beijos.

Brunette disse...

Olá Ju!
Nunca assisti a esse show, mas deu para ver como é através desse vídeo. Achei o patrão um pouco arrogante, com ar de superioridade... não concordo com a postura dele, mas algumas coisas que ele falou até são pertinentes. Só é pena que as tenha dito com um tom frívolo e arrogante. Espero que os patrões que assistem a esse programa não pretendam ser clones do Justus!
Bjos e boa semana!

P.S. Tem desafios e selinhos para vc no meu blog.

Gabriella Bonomo disse...

gostei muito do seu blog..
porem naum sei se è meu pc..
mas naum consigo ler as materias por conta da barra azul do lado..
qria muuuuuuuito ler..
beijos

Nós, Os Cachorros!!! disse...

Oi.
Obrigado por ter visitado nosso blog.
Olha, moramos no Japão, então nunca tinhamos visto este programa.
Assistimos o trecho que colocou e lemos atentamente tudo que escreveu.
Nossas opiniões são bem parecidas.
O que nos incomoda e nem vemos nexo na verdade, são estes programas reality show.
Estão fazendo grande sucesso nos dias de hoje, mais ainda não entendemos como pessoas podem se expor tanto.
E ainda nos perguntamos o que é verdade e o que é teatro...
Parabéns pelo seu blog, ele é nota 1.000!!!
Vamos recomendá-lo e viremos sempre visitá-lo!!!
Abraxos

Anônimo disse...

é eu tambem concordo com vc
bem interessante o que vc disse
bjum

Marisa Pimenta disse...

Oi Julliana, obrigada por aparecer no meu blog. Viu os outros dois? Gostei mto dos teus posts. Não vejo mais o aprendiz, vi os primeiros, mas é um programa bem polêmico, não acha?
Apareça sempre bjks

Simples assim... disse...

Ju, realmente tudo é marketing, o pior é o povo q não manja das coisas se forçar a entender disso e sair falando bonito!!! Se vc quer ser um bom profissional escolha uma profissão q vc ame, e faça por prazer, com certeza assim vc será um ótimo profissional, sem ter q mostrar o q não é..... ser bom naturalmente!

Deisy disse...

eu assisti umas poucas vezes, mas eh muito forte para a minha pessoa
sahhsahsahsahsa
capaz, eu esqueço de assisti, eh muito tarde, mas até que eh legal....

Ana Professora disse...

Olá! Adorei sua visita em meu blog e fiquei feliz com seu comentário, realmente suas opiniões são legais, nos leva a uma reflexão sobre o que nos é passado nesse programa. Parabéns suas polêmicas e seus textos são ótimos.
Bjs!
Ana

Bianca Lima disse...

Oi Ju.
Que bacana o seu texto e eu concordo em genero, numero e grau. É ridículo os chefes ficarem imitando o justus (que de justo não tem nada) o que acontece no programa é quase uma humilhação que os participantes passam não tem nada a ver fazer isso na vida real.



ps.: como você faz para o seu blog ficar tão cheio de comentários? he he he

Beijinho

sandre disse...

A importancia da audiencia vale mais do que a eficiencia em si mesmo.
Justus apendeu direitinho com seu mestre Ted Turner do aprendiz americano, e em cosequencia disto muitos copiam seu estilo que verdadeiramente como empresário não é aquele.
Existe uma diferença grande entre empresário e patrão.

Sandre

Rodrigo Leite disse...

Adoro o aprendiz. Pena que nem todos os prograas são como ele!

Beijos!!

fabinhocarvalho disse...

Muito legal e interessante o seu blog, você fez uma visita no meu há um tempinho atráz