.

.

.

.

terça-feira, 28 de outubro de 2008

Rompeu-se

O que eu ensinar para os meus filhos, eles ensinarão para os filhos deles no futuro. Caso eu tenha o costume de bater em meus filhos, eles baterão nos filhos deles também. Chamam isso de ciclo vicioso.

Mas, meu pai sempre me contou sobre as surras que ele tomava do pai dele quando era criança e no entanto, meu pai nunca me bateu.
Ele apanhou do meu avô, que apanhou do meu bisavô, que apanhou do meu trisavô, que apanhou do meu tataravô, e assim por diante (é que eu só sei falar até tataravô, depois disso não sei mais como se fala rsrs).

E meu pai não levou esse círculo à diante, e olha que ele tem um histórico de agressões bem longo, ele é neto de escravos, aqueles escravos que viviam em senzalas, apanhavam no tronco e tudo mais. Graças à Deus ele dispensou essa herança de família e não se tornou agressivo.
E eu fico me perguntando: em que época ou em quais circunstâncias esse cíclo se rompe?

E ainda bem que se rompe né. Felizmente nasce um membro na família que consegue enxergar além do que lhe foi ensinado. Consegue criar conceitos diferentes dos conceitos de seus pais. Talvez por causa de suas religião, ou talvez por influências recebidas de pessoas fora da família, por uma série de motivos talvez. (Ou porque ela nasceu diferente mesmo ué! rs).

Psicologicamente falando, sabemos que é o ambiente que faz a pessoa e a convivência nos faz ficar parecidos com nossa mãe, pai, irmão, avó, etc. De tanto convivermos com eles, muitas características de nossa personalidade ficam parecidas com as deles. Só que às vezes em uma família em que todos os seus membros são pessoas de bem, tem aquele que resolve desandar mesmo tendo recebido a mesma educação que os demais e convivendo com as mesmas pessoas.

Isso acontece porque todas as regras têm suas exceções. Porém, as exceções não anulam a regra. Mesmo com exceções a regra continua valendo. Portanto, vamos educar nossos filhos da melhor maneira possível pois, eles passarão adiante todos os nossos ensinamentos.
Por que meu pai não me educou com a mesma ignorância que ele foi educado? Porque "Deus, na pessoa de Jesus Cristo pode acima de tudo transformar e moldar o homem por mais débil que esse seja, dando-lhe uma nova vida, um novo caráter e temperamento".
Vamos educar bem as nossas crianças pois, ninguém consegue mudar um mal caráter, só Deus consegue!

Por isso, se alguém está em Cristo, nova criatura é; as coisas antigas se passaram, eis que tudo se fez novo". (II Coríntio 5:17).
BeijinhosImage Hosted by ImageShack.us

27 comentários:

Cassius Vallim... disse...

Concordo com tudo que você disse... e sorte sua seu pai ter sido diferente... Meu pai também, nunca bateu em mim e no meus irmãos...

O que temos que fazer é melhorar em tudo... esse seria o ideal, não só nesse quesito de bater nos filhos, mas em alguma coisa que nossos pais erraram, melhorar e não passar adiante... o meu pai eu sei que errou com bebida, sei como foi ruim, como custou para ele aprender e melhorou... mas não quero passar por isso e muito menos fazer meus filhos passarem por isso.

Tem uma história que explica bem o que é isso, numa dinâmica de grupo que eu fiz... depois coloco no meu blog.

Bejos.

Carlos Henrique Leda disse...

Tbm reconheço esta situação detalhada por você. Não sou psicólogo, mas não gosto muito quando dizem que é o ambiente que faz a pessoa. Creio (e eu mesmo sou um exemplo disso) que a decisão da pessoa é que a faz, o ambiente somente influencia, pois senão todas as pessoas que nascessem numa favela seriam iguais, e sabemos que não são.
Portanto, ser de um modo ou de outro para mim é escolha, que certamente pode ter sido influenciada pelo ambiente.
E com relação a Deus, onde disse que somente ele pode mudar, também não concordo. Pq senão, pq Ele não muda os ruins? E se eu sou uma má pessoa, eu não devo fazer nada para mudar isso, afinal, é somente Ele quem pode fazer, então não me esforçarei.

[]´s

' Sofih! disse...

Verdade. Muitas vezes é preciso mudar para romper um costume ruim e que não pode trazer nada de bom! Assim que as pessoas melhoram!
Bjsss

Tays disse...

Oi Jú. Também concordo com o seu post. Tem pessoas que dizem que se Deus pode mudar a pessoa porque ele não muda então? A resposta é simples, se as pessoas lêssem mais a Bíblia e estudassem a palavra de Deus elas saberiam a resposta dessa pergunta e não criticariam Deus. Deus não muda a pessoa porque a própria pessoa não quer, Deus só muda as pessoas quando as pessoas querem mudar e pedem ajuda pra ele. Como eu sim estudo psicologia sei que é o ambiente que faz a pessoa e nem todo mundo que mora na favela se corrompe porque essa pessoa convive com a família. a convivência familiar é o que faz a pessoa e não o bairro que ela mora.
Uma pessoa escolhe sim o caminho que ela quer seguir mas quem vai ensinar para ela qual caminho é o melhor? É a família que faz isso ninguém nasce sabendo. com a criação que recebemos somos alertados sobre o que é bom e o que é ruim por isso eu não concordo com essas pessoas que pensam que a gente já nasce sabendo todos os conceitos da vida, sabendo o que é aceitável e o que não é, o que é um bom caráter e um mal caráter.essas coisas a gente aprende com as pessoas que a gente convive ninguém se educa sozinho. eu acho que o seu pai não levou adiante a criação que ele teve porque em algum momento da vida algo o fez pensar diferente, a sociedade mudou, hoje não aceitamos mais agressões contra crianças por isso pode-se dizer que sociedade onde vivemos está mudando nossos conceitos ou seja e quando uma pessoa carrega uma má herança de familia Deus pode mudar sim a gente tem que fazer a nosso parte e Deus faz a dele.

Beijuusssss

Antônio Carlos disse...

"Instrue a criança no caminho que ela deve andar e quando ela crescer não se desviará dele" isso é bíblico por isso vamos ensibar o que é bom para as crianças porque eelas pessarão a diante sim e para quebrar um círculo ruim só Deus mesmo, o próprio nome já diz, circulo vicioso, víco é vício, e não é nada fácil livrar-nos dos vício, só Deus mesmo. Então vamos ensinar o que é bom.

Gerly disse...

Falou e disse, Ju! "Haveria alguma coisa impossível ao Senhor?"
Nosso Deus nos molda e confunde as teorias humanas a respeito de qualquer coisa, para provar através de nós que nada é impossível a Ele.
Maravilhoso!

bjoka!

Ana Karina disse...

Olá! VCim agradecer o comentário em meu blog e parabenizá-la pelo seu. Belo texto e muito bem escrito. Realmente muitos pais repassam o que aprendem, coisas ruins e boas também. Um abraço.

αиα.·* disse...

Ow Com certeza devemos tomar a decisaum certa, agindo por nós mesmos e ter consciência das coisas ao nosso redor analizando o que assimilar ou naum.

Meu pai tmb nunca me bateu, kero seguir o exemplo dele, afinal exemplos bons servem pra isso SEREM SEGUIDOS


bejú

Liz / Falando de tudo! disse...

pra mim essa coisa de herdar heranças como essas faz parte da pessoa mesmo, nao tanto a influência do outro!

ferandonando disse...

Engraçado né jú. quando você falou sobre a propaganda infantil a maioria falou que é os pais que tem que ensinar os filhos o que é bom para eles, e agora estão dizendo que as pessoas tem que aprender sozinhas. Êita povo que não sabe o que fala.

beijãozão (msn)fernando1912@hotmail.com

Eliane disse...

A agressão física nunca resolveu nada.Melhor que isso é o diálogo educativo.Para algumas pessoas é melhor bater nos filhos do que educadar.Educar leva tempo e dá muito trabalho.Mas tem que ser assim.Bjs

Anderson Emídio disse...

Olá Juliana.
Parabéns pela postagem!!!
Realmente os pais são os maiores responsaveis na formação do caráter e personalidade dos seus filhos.
Muitos não se preocupam com o legado que vão deixar para eles e tentam impor suas idéias atravéz da força e isto se torna um ciclo que passa de geração a geração.
Muitos repetem nos filhos aquilo que mais odiavam em seus pais,descarregam toda sua frustração e dor como se fazendo isto ajudasse a cicatrizar as feridas em sua alma.Somente Deus pode curar as feridas abertas nas emoções humanas mais para isto precisa abrir o coração e se permitir a ser curado.
Como diz Michael Abud:"Decisões decidem destinos".
Para se quebrar um ciclo como este é preciso não apenas querer mais decidir fazê-lo.

Beijos

Karkr Napon disse...

Olá Juliana!
Obrigado pelo seu comentário, amei :) Que bom que o seu candidato foi eleito no 2º turno, aqui em minha cidade (Ponta Grossa) meu candidato também venceu no 2º turno, também numa disputa acirrada, mas ao contrário do seu, ele era apoiado pela Serra, hehehe.
Amei seu post, realmente muito profundo. Infelizmente a maioria das pessoas vai pela lei do "o ambiente que faz a pessoa" e usa isso como motivo para suas atitudes erradas. Mas isso não é desculpa, assim como seu pai mudou, todos podem mudar, com força de vontade e a ajuda de Deus. Ser criado sem pais ou em uma família desestruturada não é razão para ser assim também...
BJonas e Deus abençoe
xD

Simples assim... disse...

Concordo! Aprendemos com a convivência, mas antes disso somos indivíduos prontos, nascemos com nossa própria personalidade, e ai cabe aos pais ensinarem da melhor forma possível!!!!

Felipe disse...

HUAhua, acessos???Bom, no final do dia, tinha 900 e alguma coisa...Foi bom né?! xD
Ainda hoje tem um certo reflexo do site, mesmo porque outro site me linkou. Um tal de ocioso, sei lá...

--
É realmente corcordo com você, da série toda, esse foi um dos mais cruéis...Coitado do totó..."/

--
Legal o vídeo né?! Achei divertido fazeer uma coletânea de sorrisos, ah Todos forão colhidos no próprio Youtube, com vídeos enviados...

--
Puts! Drogas nas fronteira! Realmente cada dia, algo novo..."/ Sem contar produtos piratas...Sabe, sei de um caso ali na ponte da amizade. eles jogavam no rio e lá embaixo alguem pegava, doidera ne´?

--
HUauha, já pensou Mario assim?! Caramba! Eu ia jogar bem mais....

Até...

Felipe disse...

HUAhua, acessos???Bom, no final do dia, tinha 900 e alguma coisa...Foi bom né?! xD
Ainda hoje tem um certo reflexo do site, mesmo porque outro site me linkou. Um tal de ocioso, sei lá...

--
É realmente corcordo com você, da série toda, esse foi um dos mais cruéis...Coitado do totó..."/

--
Legal o vídeo né?! Achei divertido fazeer uma coletânea de sorrisos, ah Todos forão colhidos no próprio Youtube, com vídeos enviados...

--
Puts! Drogas nas fronteira! Realmente cada dia, algo novo..."/ Sem contar produtos piratas...Sabe, sei de um caso ali na ponte da amizade. eles jogavam no rio e lá embaixo alguem pegava, doidera ne´?

--
HUauha, já pensou Mario assim?! Caramba! Eu ia jogar bem mais....

Até...

Anderson Rabelo disse...

Achei super interessante esse seu blog, vim aqui visitar pq vi um comentário seu no meu blog e tô adorando, volta e meia passo aqui pra dar uma lida. Continua assim. Ah, sim! Acho que levei umas surrinhas do meu pai (pq eu era um menino levado) mas nada que fizesse com que eu fosse um menino revoltado, talvez tenha me consertado até. Concordo com você que quando, em Cristo Jesus estamos, não precisa de tapas, surras, basta olhar nos olhos com o amor de um pai e do Pai e tudo é transformado e renovado!!!

Beijos

Felipe disse...

Oie, tudo bem!? Tem selo pra você lá no Conectou! Depois pega lá...Ainda não é o VOIK, mas é um bem legal...xD

Rafa Gizzi disse...

Concordo contigo em número, gênero e grau! =P

Eliana / Lu Maria disse...

Olá!
Vim retribuir sua visita e me surpreendi com a qualidade do blog, voltarei mais vezes, viu?

Tava lendo teu post... e fiquei pensando que comigo foi bem parecido. Tbm houve essa quebra de círculo vicioso... pelo menos com minha familia, parando pra pensar.... as coisas foram mudando.

enfim... mas sabemos q nem sempre é assim. acho que cada um possui sua cultura própria. seu eu.

bjs

Pedro Lima disse...

Fala Juliana, parabéns amei o seu blog, muito bom !
Olha certamente vc conhece a história que mudou o mundo do cristianismo com a conversão de um dos maiores judeus da época conforme relatos de atos 9. Então creio que para mostrar que tem todo o poder e possui plena soberania Deus age da maneira como deseja em sua infinita sabedoria.
Um beijo no seu coração.

caurosa disse...

Minha cara Juliana Pires, se texto me fez lembrar de meu saudoso pai que também era filho de escrava,(minha vó faleceu nos anos 60 com 98 anos)e era uma pessoa da paz. Meu pai herdou o temperamento dela e eu graça a Deus também. Adorei a sua visita e mais ainda de teu lindo blog. Paz e harmonia para você.

Forte abraço.

CAUROSA - caurosa.wordpress.com

Alexandre Gil disse...

calma. amigo. Achei maravilhoso o post mesmo. Na minha familia tb, noto pequena evolucao.

Conhece a experiencia feita com macacos em analogia a mudança cultural/comportamental? se nao, vá acompanhando meu blog q postarei algo relacionando em breve.

bjo e entenda q sou seu fã

Camilo Aparecido Almeida disse...

Ola juliana tudo bem?estou lhe retribuindo a visita ao meu Blog "Curiosidades do Vale do Ribeira e suas cidades" ,adorei seu blog é muito bom ,vou voltar mais vezes e passar aos meus amigos grande beijo Camilo ,Cidade de Registro/SP

Layz Costa disse...

Concordo demaaais! Nós somos muito daquilo que absorvemos, que vivemos e aprendemos com nossos pais. beeijo Ju =*

sandre disse...

Belo post,

"Ensinai o caminho que vossos filhos devem andar,e eles nunca se disviarão dele"

Muito bem esplanado esta questão.

Bjs

PAZ disse...

Gostei da forma como voce falou sobre este assunto, violencia gera violencia e hoje tentamos ser melhores para nossos filhos, mas as pessoas mudam, com fé em Deus, com certeza elas mudam e pra melhor, Deus opera maravilhas, eu tenho experiencia nisto em minha vida e procuro passar coisas melhores para quem amo, que as novas geraçoes sejam mais amadas, mais tranquilas, mais compreendidas e guiadas com amor verdadeiro, abraço...Luziana.
Visitem meus blogs wwwfalaluziana, hahahahahahaha, paz-aquecimentoglobal, paz-arrebatamento, paz2.blogspot.com, luzzi.anna@hotmail.com, amo mensagens pps, fiquem todos com Deus!!!!