.

.

.

.

quinta-feira, 25 de setembro de 2008

Dor

Antes de falar sobre ‘dor’ vou postar o desafio que o Gustavo Giudicelli do Blog Ainda Mais do Mesmo me passou e depois vou agradecer e repassar o selinho que a Nina me deu.
Desde que criei meu blog esse é meu primeiro desafio.

* Escolher uma banda ou cantor(a);
* Responder às perguntas abaixo usando os títulos das músicas do artista escolhido;
* Escolher alguém e repassar a "corrente".
Artista:Sandy e Júnior
1. Você é homem ou mulher? A Gata.
2. Descreva-se: Bicho Preguiça.
3. O que as pessoas acham de você? Inesquecível.
4. Como descreveria seu último relacionamento amoroso? Como um Flash.
5. Descreva sua atual relação com seu namorado ou pretendente: A gente dá certo.
6. Onde queria estar agora? Com você.
7. O que pensa a respeito do amor? Imortal.
8. Como é sua vida? As quatro estações.
9. O que pediria se pudesse ter apenas um desejo? Pra dançar com você.
10. Escreva uma frase sábia: O amor nos guiará.

O selinho Fiquei Apaixonada pelo teu Blog quem me deu foi a Nina do Blog Ilusões da Nina. Olha que selinho mais fofo.
E eu tenho o selo Fada do Blog e repasso para os seguintes blogs:

Image Hosted by ImageShack.us

Blog da Polly (www.pollyok2.zip.net)

Dor
Uma medica deu uma entrevista à um telejornal e ela disse que a dor é um fator muito importante para a saúde. A dor nos ajuda a manter a boa saúde, ela nos avisa que algo não está indo bem.
A dor nos manda parar de fazer algo. Por exemplo: Se eu fechar a mão e começar a dar pancadas na parede, minha mão começará a doer e por causa disso eu vou parar de dar pancadas na parede. Na verdade a dor que senti na mão veio para mandar eu parar de bater na parede antes que eu me machucasse para valer, antes que abrisse uma ferida, ou antes até que eu quebrasse algum osso da mão né!
Eu já percebi que quando eu como muitos alimentos gordurosos ou muito doces, eu sinto dor de cabeça. Então, eu paro de comer. Essa dor de cabeça que sinto vem exatamente para me mandar parar de comer mesmo, antes que eu destrua meu fígado (rs).
Enquanto estamos com dor paramos de fazer coisas que prejudicam nossa saúde pois, ficamos ali parados, quietinhos, até a dor passar. Se um brinco está fazendo nossa orelha doer, nós tiramos o brinco para parar a dor. Se não tivéssemos sentido a dor na orelha não saberíamos que aquele brinco estava nos prejudicando e poderia até inflamar nossa orelha mas, a dor nos avisou que algo estava errado antes que o pior acontecesse.
Eu achei isso tudo interessante e fiquei pensando à respeito das dores emocionais. Será que a dor emocional tem a mesma função que a dor física?
Por exemplo a dor da saudade; ás vezes a saudade dói tanto né! Talvez essa dor esteja mandando a gente ir atrás da pessoa que está nos causando tanta saudade, tanta dor.
Têm relacionamentos que causam muita dor para a pessoa. Uma mulher traída sofre demais, é uma dor muito grande também. Essa dor pode estar vindo para dizer:
-Chega de ser traída, larga esse homem e pare de sofrer!
Ou:
-Perdoa ele e não toca mais no assunto.
Ou dizer:
-Parte para outra, esse relacionamento já acabou, goste de quem gosta de você.
Nós mulheres também sofremos muito quando nos sentimos feia. A dor que sentimos deve estar mandando a gente parar de se achar feia. Quando nos valorizamos e paramos de nos sentir feias, a dor vai embora.
É muito gostoso matar a saudade mas, e se a pessoa já for falecida? A dor da perda vem para que paremos de ficar pensando na pessoa que já se foi, ela manda que nos alimentemos de pensamentos alegres do tipo, “ele está em um lugar melhor agora”, “aonde quer que ele esteja, ele está feliz”, “ele não gostaria de me ver triste”, etc. Temos que nos livrar da dor da perda também porque têm maridos que quando a esposa falece, semanas depois ele falece também pois, não conseguiu superar. E têm pessoas que são muito jovens, com uma vida inteira pela frente então, elas precisam superar a dor e tocar o barco, quanto antes melhor.
E quando sofremos uma derrota na nossa vida profissional, a dor não serve para que fiquemos nos lamentando, ela nos impulsiona a lutar mais e mais até sentirmos o "gostinho" da vitoria em vez de dor.
Eu acho muito mais fácil a gente se livrar de uma dor física do que de uma dor emocional. Mas, a dor surge para nos ajudar, precisamos identificar qual é a causa da dor e nos livrar dessa causa. Ficar alimentando dor pode gerar depressão, distúrbios, doenças. Tem uma frase bastante conhecida e, para mim, essa frase é uma realidade, é aquela que diz assim: “A dor é inevitável. O sofrimento é opcional”.

(Ta vendo? Quando vocês sentirem dor de barriga, dor de cabeça, ou até dor de dente, é porque vocês estão comendo muita besteira, parem de comer rsrs).
BeijinhosImage Hosted by ImageShack.us

35 comentários:

Anita disse...

Hoje vim te deixar um presente.
Um abraço.
Mas não é um abraço comum.
Ele é muito apertado. Com ele quero demonstrar o carinho que sinto por ti. O desejo que tenho em te ver sempre feliz e sorrindo.
Beijos no teu lindo coração e que sejas sempre feliz!

Bom fim de semana.
Fica bem. Fica com Deus.
Anita (amor fraternal)

A filha única disse...

Que interessente seu desafio! Não sei se conseguiria responder um questionário assim só com nomes de músicas XD
Mais interessante foi o que você escreveu sobre a dor, eu j[á li sobre o medo e relaciono minha leitura com o seu post.
Pois na revista falava que se nós não sentíssemos medo, nos arriscaríamos a fazer situações perigosas sem pensar, como pular de uma ponte e etc.
Então, as vezes reclamamos de nossos medos , fraquezas e dores, sem perceber que eles nos fazem bem.
Beijo ;*

Tony Madureira disse...

Olá,

Passei para deixar um Beijinho.

Eliane disse...

A dor é muito ruim.Sinto dores o dia inteiro,pois sou portadora de artrose degenerativa na coluna lombar ,precisamente no disco vertebral.Já fiz umas trocentas fisioterapias,tomo antiflamatórios e remédio pra dor.Tenho que trabalhar assim mesmo,subindo e descendo escadas 8 vezes por dia,como se eu pudesse fazer isso.Se a prefeitura souber me encosta num canto qualquer e aí é pior.Procuro ainda assim,levar minha vida pra frente,com um sorriso nos lábios.
Gostei do seu post.
Beijinhos

Anderson Emídio disse...

Oi Juliana.
Realmente a dor tem suas variações e tira-se grandes lições dela,você brilhantemente mencionou suas variações.
Muitas vezes ela nos lembra que estamos vivos portanto ainda há poder de reação em nós.Outras vezes se instala inexplicavelmente em nossas emoções,mais uma coisa é certa,oque faz a diferença é a decisão de superá-la ou superestimá-la.
Não podemos impedir que ela nos sobrevenha mais podemos impedir que ela nos consuma,pois,ela não pode nos destruir sem nossa permissão.
Parabéns pelo texto!
Beijos

GUILHERME PIÃO disse...

Odeio sentir dor.
Parabéns pelo selos são legais mesmo.
Abraços

Quase Trinta disse...

EXCEPCIONAL seu texto de hoje... falando também sobre as dores emocionais, que quando surgem é um aviso de que alguma atitude tem que ser tomada..

parabéns pelo selinho merecido

Tiago Faller disse...

Cara, nunca parei para ver a dor dessa forma. Coube bem à minha realidade atual e... Sim, é preciso rever conceitos e descobrir se estou optando pelo sofrimento.

Tudo muito bem colocado... Ótimo blog!

Beijos, menine...

Sαм; disse...

Passando por aqui pela primeira vez.
Tem umas dores que vêm no momento certinho...mas cabe a nós ter o simancol de entendê-las, né?
beijos

(www.excecaodomundo.blogspot.com)

paola disse...

oooi;
vi seu comentário no meu blog e fiquei supercontente, porque você o tirou das mosacas. haha!

cara, achei que o que você escreveu aqui faz muito sentido. perdi minha avó há alguns anos e sinto muito a falta dela, mas AQUELA dor de antes passou; a levo no coração e acho que isso me faz bem feliz. sei lá..

adorei seu blog;
você tem umas sacadas demais!
espero te ver por aí mais algumas vezes. hehe!
beijos

Camile Christina disse...

adorei seu blog , esse texto sobre Dor é espetacular !!

Liana Feitosa disse...

Amei a brincadeira com os títulos de músicas!
:P

E obrigada pela visita ao meu blog mais uma vez!
=]

uma ótima semana pra vc..
beijos!

blogdagabiii disse...

Oi lindona, obrigada por visitar meu blog. E quanto à suas palavras, concordo plenamente.
Um abraço!

:*

Felipe disse...

Ah! Juliana, muito obrigado por visitar a indicação...E obrigado tbm pelo selinho..xD

Depois publico, é que agora tô na maior correira...

Obrigado...

Karkr Napon disse...

Olá!
Obrigado pelos comentários, amei.
Gostei muito sobre seu post sobre a Dor, realmente ela é boa e ruim, boa pois nos avisa que algo em nós está errado e ruim porque ninguém gosta de sentir dor,né? Sendo avisados através da dor, tomamos atitudes para nos prevenir ou remedir de um mal. Concordo com você, pra mim a dor emocional tem a mesma função que a física de nos avisarmos que não estamos bem emocionalmente e que devemos tomar alguma atitude pra melhorar isto, afinal o ser humano não foi feito para viver sofrendo, ele não tem uma estrutura para viver o tempo todo angustiado, sem dúvid a dor emocional é muito pior que a física e nestes casos, só Deus pode ajudar.

Liz / Falando de tudo! disse...

resumindo: a dor é mais uma artimanha da natureza e do "cara la de cima" pra que evitemos sofrimentos e estendemos nossa dor!
muito interessante o post!

nandabandeira disse...

Oi, Ju. menina, qto tempo!!!! Eu estou mto cheia de trabalhos e provas na faculdade e agora consegui uma folguinha p/ vir aqui, atualizar meu blog, essas coisas.
Mais um post interessante seu e devo dizer que adorei o visual novo do blog =D
Se cuida e beijosss

TANY disse...

OI FLOR...
NOSSA MUTO LEGAL A MATERIA SOBRE "DOR" TA PRA GENTE PARAR E REFLETIR NE, E QUEM SABE ACORDAR HEHE

OTIMA SEMANA

BJS NO CORACAO!!!

Ellaehcarioca disse...

Ótimo texto e ótimas colocações. Realmente a dor não precisa ser tão ruim quanto parece,pode ser encarada como um alerta,que vai nos fazer bem. Sempre gosto dos teus pontos de vista.

Tem um selo pra vc (se vc ainda não tiver,é claro).
Bjs. Estava com saudade daqui.Boa semana!!!

Carolina Carvalho disse...

ameiiiiiiiiiiiiiiiiii o novo template!!!!!!
ficou lindo demais!

Cris Santos disse...

Olá Ju. nunca tinha olhado a dor emocional por esse lado, como um alerta; o dificil é termos a capacidede de compreender oque ela quer dizer. Geralmente nessas situações, só vemos oque nos agrada, oque justifique a opção por sofrer que "escolhemos" rs.
E sim, a dor sentimental é muito pior e mais complexa do que a fisica... Vou tentar aprender a linguagem do meu corpo :)
Ah muito obrigado pela indicação, vc é mesmo adoravel, prometo que assim que conseguir eu posto!
Obs: não espalha, mas eu me perdi, vc repassou só os selos ou o meme tbm? rs
Beijos!

Samuel Vagner disse...

Ei Minha querida...
Vc inaugurou meu blog realmente heheh...
Tenho vários orkuts e agora resolvi enveredar por essa outra ferramenta da net...
Seja sempre bem vinda...
Sempre terei mensagens abençoadoas lá pra te edificarem...
Abração e parabéns pelo seu tbm depois queria que me ensinasse umas coisas hehe...
abração...
Samuel Vagner

Simples assim... disse...

Oi Juliana, obrigada pelo comentário.....
Gostei do seu texto, realmente temos que pensar melhor antes de comer!!!! Como vc achou meu blog???

Beijos

Dri

Suélen Lopes disse...

É verdade, Juliana! Tudo o que vivemos não é por acaso. Acredito muito nisso. Acho que sempre tem uma razão para sentirmos aquela dor e Deus não a faria para nada.
Nunca sabemos o bastante e a dor pode vir para nos mostrar exatamente isso! A vida é um eterno aprendizado e até comentei sobre isso no comentário-resposta ao seu post no blog.
Como é gostoso sentir o gosto da vitória...dar um abraço apertado na pessoa que estamos com saudade... ou até mesmo lembrar dela com carinho...
Nada é em vão! Se a dor vem é porque precisamos tratá-la e, principalmente, aprender muito com ela!
Beijos

Lipito disse...

Oi, gostei muito do texto. De fato sofrimento é opcional.
E além de escrever pelo seu texto também vim agradecer seu comentário no meu blog,valeu!!!
Abração e até mais...

Felipe disse...

HAUhua, gostou do celular é?!

É...Negar que é bem legal eu não posso...Mas como disse não sei se compraria, é que sei lá...Só se tivesse dinheiro sobrando, e não tivesse mais oque comprar...

Mas faz parte.

Beijos

Lívia Linhares disse...

Olá!
Falou tudo!
O que não faltou nesse seu texto foi verdade!
Muito bom!
Tudo o que acontece com agente tem propositos, mas cabe a nós saber-mos como reagir a ele, nós que optamos a sofrer ou não...
Até mais...
=*

Simples assim... disse...

Que bom que vc pensa assim, Ju, mais uma cidadã pensante no nosso time!!!!! Me passa seu email, aí poderemos conversar melhor, beijos: minidrika@gmail.com

.!.!.!.Sofiih.!.!.!. disse...

Primeiro: Obrigada pelo selinho! Ele é muito lindo e eu amei totalmente!!!
Segundo: Dor é mesmo um aviso. Sem ela, não poderiamos nos sfara de algo ainda pior. Mas mesmo assim, é inevitável dizer: "Eu odeio dor!" Lógico que todo mundo odeia dor, mas algumas dores são boas ao invés de ruins!
Bjsssss ;D

Felipe disse...

HAuhua, é verdade...Mas sabe de uma coisa? Toda vez que eu vejo um selo, lembro que te devo um né?! Mas sabe, tá desenvolvendo aquele que eu disse que ia criar, e não "rolou" muito bem. Talvez por isso tenha parado, parado não vai! Pausado um pouco. Depois faço um bem legal, e pode deixar que te envio...xD
Opa! Maravilha, visite a indicão sim...xD

Até...

Glaucia Conie disse...

obrigada pela visita e pelo comentario ... o amor é realmente algo muito complicado, lindo seu blog parabens bjus

Cidchen disse...

Já respondi a um jogo como esse das músicas, e é incrível como os títulos das canção servem ou cabem tão bem numa resposta! *

Bjinhos

Gustavo Giudicelli disse...

Po, maneira suas respostas... so nao esperava por sandy e junior.
hehehehe

bjos :)

Tay disse...

OI Juli vim fazer uma visita e te deixar um beijão..
Ah,July vc pode me dizer qual o codigo html q vc usa pra colocar esses selinos ai ao lado...?
Grata beijo

Nina Fernandes disse...

O dificil é interpretar a dor.
Porque por querermos aliviar uma dor causamos outras muito mais dolorosas.


Muito obrigada pelo selinho... ;)