.

.

.

.

quinta-feira, 28 de agosto de 2008

47 - Transferências

Muitas vezes transferimos nossa personalidade, nosso caráter, jeito, valores, medos para outras pessoas.
Quando fico chateada ou brava com alguém, eu viro a cara e fico de bico. E quando eu percebo que irritei ou magoei uma pessoa, fico com receio de que ela vire a cara para mim também. Mas, isso raramente acontece, sempre que brigo com a minha irmã ela nem se importa com a briga e fala comigo normalmente, ela não guarda rancor mas, por eu ficar de bico com ela toda vez que brigamos, fico pensando que ela também ficará de bico comigo quando eu brigar. Eu acabo transferindo o meu jeito para ela, achando que ela vai fazer igual.
Eu tenho um vizinho que compra e não paga, todo mundo fala isso, conheço várias pessoas que já levaram calote dele. Esse vizinho sobrevive do aluguel de alguns imóveis que ele tem. Coitado de quem atrasar o aluguel, ele atormenta a vida da pessoa e até a despeja.
Meu pai fala que quem é pilantra com os outros, pensa que todos são pilantras com ele também, por isso fica preocupado em receber o aluguel. Ou seja, ele transfere seu caráter duvidoso para os outros e acha que todos são iguais à ele.
Tem gente que morre de medo da solidão e vive atormentando as amigas dizendo que elas precisam de um companheiro senão a vida delas será solitária.
Mas, existem pessoas independentes que gostam de morar sozinhas e não tem sentimento de solidão. Se eu tenho medo da solidão não significa que todos tenham também por isso, não tenho que atormentar os outros.
Uma vez eu pedi demissão de uma empresa em que trabalhava e a minha chefe achou ruim, não gostou. Então ela começou a me dizer que as outras funcionárias eram vitoriosas porque conseguiram comprar carro e estavam fazendo faculdade, tudo isso com o dinheiro daquele trabalho e que eu dificilmente conseguiria essas coisas em outro emprego.
Mas para mim, o sucesso é muito relativo. Se para algumas funcionárias ter carro e fazer faculdade era sucesso, para mim não era. Para mim o sucesso era conseguir outro emprego e sair de lá, e eu consegui, alcancei o que PARA MIM era sucesso.
Quem se acha uma pessoa invejada é porque morre de inveja dos outros.
Há pessoas que não confiam em ninguém, dizem de boca cheia que não existe ninguém confiável. Pode estar havendo uma transferência aí nessa história. Se ela não confia em ninguém e acha que todos vão passá-la para traz, provavelmente é ela quem é desse jeito, ela que passa os outros para traz e não é confiável.
Vamos ficar espertos quando alguém disser que neste mundo só existe enganadores, ladrões, corruptos pois, pode estar havendo uma transferência de caráter por parte dessa pessoa.

Beijos à Todos!

28 comentários:

Jaqueline Amorim disse...

Oi Juliana. Palavras profundas de reflexão. Eu não tenho o costume de confiar de imediato nas pessoas. Eu as investigo antes de dar a elas a minha confiança mas no meu caso, já fui muito passada para trás por confiar de mais nas pessoas. Gostei muito do seu artigo e do seu blog! Já assinei o feed para poder acompanhá-lo de perto. Beijos!!!!! :D

Eliane disse...

Eu sou adepta da sua filosofia.Confiar ,desconfiando.Faço um pouquinho diferente.Num viro o bico,não.Vou até quem está me enchendo o saco e falo o que eu penso.Mesmo sabendo que,comprei uma briga séria.Adorei o post.Ficou bem legal.Vc escreve bem.Parabéns!beijinhos

Carlos Henrique Leda disse...

Olá, eu somente discordo quando você diz "pode estar havendo". Eu digo que "está havendo" uma transferencia.
Nós julgamos os outros pelo que nós somos. Engraçado que nesse mundo cheio de injustiças e gente falsa como dizem, eu acho as pessoas justas, honestas. Por que será?

E se fazemos isso, devemos ficar atentos quando começarmos a fazer más imagens dos outros. Isso deverá ser um excelente aviso para que nós verifiquemos nossa postura.

Parabéns pelo texto

A filha única disse...

Eu guardo muito rancor das pessoas, e acho que elas também são assim :D
tanto que quando brigo com alguém, acabo depois perguntando mil vezes se ela não estressou comigo XD
beijo ;*

Dany disse...

Muito legal esse ponto de vista... e realmente ha mesmo essa transferência de valores quando uma pessoa jura de pé junto que fulano é isso ou aquilo!
Bjs, ótimo post!

Anônimo disse...

Bom dia meu platônico amor!!!

A respeito do texto, a velha lei da semeadura, ninguém escapa, máscaras são para os terráqueos.

bj carinhoso.

sergio ricardo disse...

Tão jovem e com excelente visão da sociedade. Você fez um paralelo perfeito da teoria e prática da sobrevivência. To virando seu fã como blogueira. Abraço e ótimo final de semana Juliana.

Felipe disse...

Huaha, é mesmo né? e ela ainda gravou o vídeo..Huahua, mas como assim aparecer?? Tá falando de mim tbm..? "/
Hauhuahua, abraços.

Carlinha disse...

Acho que em toda regra há excessão.
Não acho que se alguém tem inveja de alguém signifique que esse alguém tenha inveja de outra pessoa.
Acontece muitas injustiças no mundo e em nossas vidas e isso não quer dizer que é apenas uma tranferência de caráter.
Adorei seu espaço, viu?
bju

Monique Lôbo disse...

Ju concordo com você,muitas pessoas acabam por transferir suas carcteristicas para as outras pessoas, ha claro as sua excessões,mas que existem pessoas assim existem!
É uma pena isso,mas devemos nos preocupar em saber quais as nossas próprias carcteristicas,personalidade,etc.E não ligar para o que os outros pensam de nós!

Bjusss

Felipe disse...

HUauaha, eu sei, eu sei...Só tava brincando...xD

abraços.

Polly disse...

Ih, concordo com você sobre essa transferência de caráter! Já pensei assim algumas vezes!

(ww.pollyok2.zip.net)

Lia Honorato disse...

Eu fiquei feliz por ter gostado da homenagem.Eu a fiz com o maior carinho.Desculpe ter copiado sua foto,mas ela estava tão linda...Num formava sentido escrever algo sem colocar a foto.Saiba que vc é uma grande amiga.Quanto ao coração do tamanho do mundo quem o tem é vc.Fico feliz por tê-la encontrado,feliz mesmo.
Na segunda-feira volto a postar um pouco menos,pois volto a trabalhar(estava de licença por problemas de artrose na lombar),mas estarei por aqui.AH!Adicionei vc no MSN,Ok?
Beijinhos

Homero, O Tosco disse...

Eu não sei bem se “Transferência” seria um termo adequado, mas entendi perfeitamente o que você disse, principalmente quanto citou o exemplo: “Quem se acha uma pessoa invejada é porque morre de inveja dos outros.”
Acho que uma questão de ponto de vista, sei lá... Nós temos o nosso “modus operandi” de agir em determinadas situações e as vezes realmente esperamos que os outros ajam da mesma maneira.

Paty Alegria disse...

Que coisa mais encantadora seu blog lindinha! Parabéns viu?! Tenha um lindo final de semana!

http://patyalegria.brogui.com

Cris Santos disse...

Transferência? Já estou cansando de tanto ouvir essa palavra lá na faculdade rs... Mas deixando freud e as aulas de psicologia de lado :)Acho que olhamos os outros atraves de imagens que já temos dentro de nós, de pré conceitos, valores nossos... E como é difícil perceber que tanta coisa que dizemos odiar nos outros estão fortemente presentes em nós.
o ser humano é complicado né?

Juliana, obrigado pela visita, adorei o "polemica" e sua critica bem elaborada, voltarei mais vezes!
Beijjooss

Adriano disse...

Ola obrigado pela visita
vc mora em que estado??
se tiver msn me passa pra conversarmos melhor..
bjos pra ti tbm...

Felipe disse...

Oi Juliana tudo bem?
To tentando entra em conttao com você, mas não consigo, por isso usei os comentários tá? Desculpa...
Mas depois passa lá no meu blog, que fiz uma postagem com algo daqui...xD
E tenho uma dica tbm, se quiser um formulário de contato em seu blog, pega aqui.
http://www.ferramentasweb.890m.com/formail
Eu uso esse lá no meu blog...xD

Até...Depois tenho um selinho para te enviar, se você quiser é claro. Mas ainda tô pensando se vou fazer isso, pois é algo diferente e não sei se vai ficar legal.

Abraços.

Ana Maria disse...

Isso acontece muito, sempre penso que as pessoas vão agir da mesma forma que eu.
Isso da inveja é verdade mesmo!

Gostei das mudanças aqui no blog, ficou ainda mais bonito. =)

Poderoso disse...

ola bonito blog, passe tb no meu e registe-se no meu forum vai adorar preciso de pessoas diferentes e com cultura.

Quase Trinta disse...

Lendo o post descobri que não sofro "transferência", mas já transferi muito, com o tempo aprendi a não esperar, fazer o bem independente do q recebo em troca.
Cada um é cada um e nunca dá pra saber como as pessoas vão agir ou reagir há uma atitude sua
ótimo final de semana

Mari disse...

Oi, Juliana... Eu fiquei um tempão sem entrar no meu blog, qdo entrei, vi um recadinho seu elogiando um post. Mto obrigada! Obviamente, vim olhar seu blog e adorei o último post!!! Nosso pensamento tá super sincronizado!!!
Estarei sempre por aqui!!!
Bjksss
OBS: Vou seguir a sugestão e deixar o link (Rs!): http://mypistol.blogspot.com/

Felipe disse...

HUahua, é...Eu vi seu perfil falado, show de bola hein...Parabéns...
É, o selinho to vendo se vai ficar legal, daí qualquer coisa te envio...Tenha certeza que será a primeira a receber, afinal ele tem muito haver com seu blog...

abraços.

GUILHERME PIÃO disse...

Verdade, como diz o ditado : Confiar mas desconfiando, o que não é este caso...
A foto do meu Blog é de Praia Grande-SP, onde resido...e a cada dia esta mais bonita...ehehe
Abraços e parabéns pelo Blog, muito legal.

ZEPOVO disse...

Vc falou uma coisa muito certa. Em minha experiência de vida, aprendi que pessoas mentirosas são muito desconfiadas, quando vc conta ou diz algo costumam pedir provas, ou querem confirmar o fato. Conheci uma pessoa que quando não acreditada em alguém contava uma grande mentira com um sorriso cínico, não preciso dizer que não tinha amigos, coitado...

Nina Fernandes disse...

Eu concordo com o que falou.
Na maioriada vezes é realmente isso mesmo que acontece...
Fazendo com que agente fique meio sem saber o que fazer e o que pensar..
Mas no final da historia é isso que acontece, as trocas de valores e de atitudes.

Viajante da Imensidão disse...

Quando alguem chega em você e começa a falar dos outros com todo aquele entusiasmo, de que a pessoa é falsa, incompetente, que não faz nada direito, fique esperto porque ela provavelmente vai falar de você para os outros. Assim como você disse, geralmente as pessoas tendem a transferir seu caráter...é até chato, mas procuro evitar pessoas desse tipo...elas acabam atrapalhando sua vida com intrigas...

Bjos!!

wayla disse...

Perfeito!!
beijinhos